Sistema monitora infestação de mosca-das-frutas em pomares na Serra

embrapa uva e vinho - Sistema monitora infestação de mosca-das-frutas em pomares na Serra
Produtores levantam dados sobre população da mosca em um sistema de alerta que utiliza pequenas armadilhas – Foto: Viviane Zanela/Embrapa Uva e Vinho

Um programa da Embrapa Uva e Vinho e da Emater/RS-Ascar ajuda produtores de pêssego e ameixa a monitorar a presença da mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus) na Serra. Em Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira, foi instalado um sistema de alerta com pequenas armadilhas espalhadas nos pomares que auxilia no combate à principal praga que ataca pessegueiros e ameixeiras.

Durante o mês de agosto, os agricultores poderão acessar a análise semanal dos dados gratuitamente. “O objetivo do levantamento de informações é que os produtores não sejam pegos de surpresa com infestações deste inseto na colheita, evitando grandes perdas e racionalizando o uso de agroquímicos”, avalia Marcos Botton, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho e um dos coordenadores do projeto.

“A ferramenta quantifica o tamanho da população infestante, sendo indispensável no controle da mosca. Também posiciona sobre a necessidade de intervenção, reduz os riscos ao meio ambiente e garante segurança na produção e consumo dos alimentos”, acrescenta o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul, Enio Todeschini.

O sistema de alerta é utilizado há sete anos pelos fruticultores na região de Pelotas, que concentra mais de 95% da produção nacional do pêssego. Na Serra, o projeto da Embrapa Uva e Vinho e Emater/RS-Ascar tem o apoio das prefeituras.