Inter vence Criciúma por 3 a 2 e amplia vantagem na liderança

Danilo Silva (E) e Víctor Cuesta comemoram segundo gol

O Internacional conquistou mais uma importante vitória fora de casa na luta pelo retorno à Série A! Na tarde deste sábado, bateu o Criciúma por 3 a 2, no Heriberto Hülse, e chegou aos 61 pontos na liderança isolada, ficando a cinco de distância do vice-líder e a dez do quinto colocado. O time colorado chegou a fazer 2 a 0, com gols de Maicon (contra) e Víctor Cuesta, mas cedeu o empate ainda no primeiro tempo. Na etapa final, aos 38min, Carlos, que recém havia entrado no lugar de William Pottker, marcou o gol da vitória na partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O próximo jogo é no Beira-Rio, contra o Ceará, no dia 28 de outubro (sábado), às 17h30.

Fulminante, Inter faz 2 a 0

Apoiado por cerca de 4,5 mil colorados, que lotaram o espaço no Heriberto Hülse, o Inter impôs o seu futebol. Com a marcação alta e boa troca de passes, abriu o placar cedo. Aos 5min, Leandro Damião recebeu lançamento milimétrico de D’Alessandro e, da ponta-direita, cruzou rasteiro para a área, onde Eduardo Sasha aparecia para concluir a jogada. Na tentativa de interceptar a bola, o zagueuro Maicon Silva acabou marcando gol contra.

Com intensa movimentação, o Inter seguiu envolvendo a defesa adversária e, aos 14min, ampliou a vantagem. E foi um gol com sotaque argentino: D’Alessandro cobrou falta da direita, Víctor Cuesta cabeceou para a defesa parcial de Luiz e, no rebote, o próprio zagueiro chutou para fazer 2 a 0. Foi o quarto gol de Cuesta pelo Inter.

D’Alessandro estava em mais uma jornada inspirada com a camisa 10 do Clube do povo. Aos 25min, o capitão chutou, de perna direita, e obrigou o goleiro Luiz a espalmar para a linha de fundo. D’Ale cobrou o escanteio e quase marcou um gol olímpíco. A bola acertou a trave!

Desestabilizado com o placar adverso, o Criciúma cometeu sucessivas faltas, muitas delas desleais. Aos 28min, Barreto, que já havia recebido o cartão amarelo, deu um carrinho imprudente e acertou o lateral Alemão. Merecia ser expulso, mas o árbitro contemporizou.

Criciúma desconta

Aos 32min, o time catarinense descontou, em desvio de cabeça de Edson Borges após cobrança de falta. A partir de então, o jogo ficou truncado, concentrado no meio-campo e com poucas investidas no ataque. Aos 42min, Uendel arriscou da entrada da área – a bola desviou em Nino e passou, com perigo, por cima do gol do Tigre.

Empate em cobrança de pênalti

O segundo tempo começou com os donos da casa pressionando em busca do empate. Aos 12min, Silvinho invadiu a área, Danilo Silva tentou o desarme e o atacante acabou caindo. Pênalti marcado pela arbitragem. Silvinho bateu e igualou o placar.

Vitória do Inter sobre o Criciúma 2017
Vitória do Inter sobre o Criciúma dá vantagem ao colorado nesta reta final do campeonato

Camilo e Carlos saem do banco para decidir

O panorama da partida estava complicado para o Inter, que encontrava dificuldades para concluir em gol e via o Criciúma especular no ataque. Com isso, o técnico Guto Ferreira buscou novas alternativas para o time. Aos 27min, Camilo ingressou no lugar de D’Alessandro e, aos 37min, Carlos entrou na vaga de Pottker. E logo no seu primeiro minuto em campo, o atacante marcou o gol da vitória: Carlos recebeu lançamento de muita qualidade de Camilo, dominou a bola no interior da área e chutou na saída de Luiz para fazer 3 a 2! Foi o sexto gol do camisa 11, que comemorou às lágrimas junto aos companheiros! Nada mais tirava a vitória do Inter em Santa Catarina!

Atacante Carlos emocionou-se na comemoração do gol da vitória em Criciúma

Ficha técnica

  • Criciúma (2): Luiz; Maicon Silva, Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto (Douglas), Ricardinho (Fabinho), Caique (João Henrique) e Alex Maranhão; Silvinho e Lucão. Técnico: Beto Campos.
  • Internacional (3): Danilo Fernandes; Alemão (Junio), Danilo Silva, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro (Camilo) e Eduardo Sasha; William Pottker (Carlos) e Leandrio Damião. Técnico: Guto Ferreira.
  • Gols: Maicon Silva (contra, I), aos 5min do primeiro tempo, Víctor Cuesta (I), aos 14min do primeiro termpo, Edson Borges (C), aos 32min do primeiro tempo, Silvinho (C), de pênalti, aos 14min do segundo tempo, Carlos (I), aos 38min do segundo tempo.
  • Cartões amarelos: Diego Giaretta, Barreto, Nino, Douglas (C); Danilo Silva, Rodrigo Dourado, Carlos (I)
  • Arbitragem: Wagner Reway, auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz e Fabio Rodrigo Rubinho (trio do Mato Grosso).
  • Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma-SC.

Fotos: Ricardo Duarte