Doações de cabelos encerrou a programação do Outubro Rosa em São Leopoldo

A secretária de Políticas para Mulheres, Danusa Alhandra, salientou a dificuldade das famílias que passam por essa situação

Cerca de 100 pessoas participaram na tarde de quinta-feira, 26 de outubro, do Cabelaço, evento que encerrou a programação do Outubro Rosa, em São Leopoldo. A Secretaria de Políticas para Mulheres (Sepom), transformou-se em um salão de beleza para receber doações de cabelos. Os cortes foram realizados por profissionais do Instituto Embelleze e as mechas serão destinas ao Instituto da Mama – Imama.

A primeira participante, Lisete Inês Hickmann, contou que já havia doado os cabelos no ano passado e deixou crescer para repetir o ato neste ano. A filha, Barbara Dávila, viu o evento nas redes sociais e resolveu, junto com Lisete, cortar os cabelos. A pequena Rafaela Ferreira, de 8 anos, aprendeu a ler recentemente, viu o anúncio do Cabelaço no jornal e pediu para a avó, Eloá Cerqueira, explicar o que era. Quando soube que os cabelos eram doados para pessoas em tratamento de câncer, não hesitou em fazer o corte. “A gente mediu o tamanho em casa com a minha régua e daí eu quis vir cortar”, contou a menina.

Mas não foram só mulheres que cortaram as mechas, o funcionário público, Almiro Rodrigo Gehart, cumpriu uma promessa feita no início do ano e doou mais de 30cm de cabelo. “Fiz a doação e ainda ganhei um new style”, brincou. Uma participante em especial, ficou muito feliz em doar os cabelos, Sabrina Dias, 10 anos. Ela nunca tinha cortado as madeixas, estava eufórica, e convenceu a mãe, Zuleica Soares, a fazer o corte também. “Eu estou muito feliz por cortar meus cabelos e ajudar outras pessoas”, ressaltou a pequena.

A secretária de Políticas para Mulheres, Danusa Alhandra, salientou a dificuldade das famílias que passam por essa situação. “A gente sabe que as mulheres e as meninas são as mais afetadas com o tratamento do câncer, ações como essa é o mínimo que podemos fazer para ajudá-las”, destacou a secretária. A professora do Instituto Embelleze, Mari Vargas, comandou os profissionais de corte e disse que participa de ações assim há cinco anos. “É emocionante ver, principalmente as crianças, eu já estou acostumada, mas é sempre muito gratificante”, exaltou.

A arrecadação de lenços seguirá até o dia 31 de outubro, no saguão da Prefeitura. Os cabelos e lenços serão levados até o IMAMA no inicio de novembro. Lá são confeccionadas perucas e disponibilizadas para as pacientes em tratamento do câncer de mama. A Sepom agradece imensamente a todas e todos os participantes do evento, com certeza as doações mudarão a vida de muitas mulheres.

Foto: Eduarda Moraes