Governador de Santa Catarina apresenta melhora de saúde, mas segue internado

Internado desde a noite de sábado (28) para tratar uma diverticulite, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), passa bem e deve deixar o Hospital Baía Sul, em Florianópolis (SC), amanhã (31).

Segundo a secretaria estadual de Comunicação, Colombo voltou a ser examinado na manhã de hoje (30) pelos médicos Felipe Simão, cardiologista de confiança do governador, e Janaína Schiavon, que é gastroenterologista. Também integram a equipe médica que acompanha o governador o infectologista Valter Araújo e a clínica Renata Bolan.

Com histórico de problemas cardíacos, Colombo passou por uma angioplastia em 2014, o que explica a presença de Simão junto aos profissionais do hospital.

Hoje, a equipe médica diagnosticou uma melhora no quadro clínico de Colombo, com diminuição da dor e regressão dos sinais da diverticulite, doença causada pela inflamação das pregas presentes no intestino grosso e que costuma afetar principalmente pessoas com mais de 60 anos.

Colombo foi internado após sentir fortes dores abdominais. Por orientação médica, a agenda política do governador está suspensa pelos próximos dias.