RS

Sapucaia do Sul segue no combate ao mosquito Aedes aegypti

sapucaia do sul aedes - Sapucaia do Sul segue no combate ao mosquito Aedes aegypti

Durante o período de verão, as temperaturas elevadas facilitam a reprodução do mosquito aedes aegypti, transmissor da Dengue, da Febre Chikungunya e do Zika Vírus. Buscando combater os focos do mosquito em Sapucaia do Sul e evitar as doenças, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde, continua com o seu trabalho de monitoramento. Agentes de endemias da Vigilância Ambiental seguem com visitas domiciliares preventivas, inspeção a Pontos Estratégicos (PEs), tais como borracharias, cemitérios, reciclagens e demolidoras, além de atendimento a denúncias, aplicação de larvicidas e inseticidas e bloqueio em casos de suspeitas de Dengue.

Agentes comunitários de saúde também realizam visitas domiciliares para orientação e eliminação de focos do mosquito em seus territórios. É importante que a comunidade receba em seus lares os agentes da Secretaria da Saúde que, além das vistorias, passarão informações importantes de prevenção.

Além do trabalho sistemático, a Prefeitura também realiza três vezes ao ano, nos meses de janeiro, março e novembro, o Levantamento Rápido de índice para Aedes aegypti – LIRAa. Este levantamento é uma metodologia rápida para avaliação de incidência do mosquito na cidade. No último levantamento, que ocorreu em novembro de 2017, 1.489 imóveis foram vistoriados em 31 bairros da cidade. Foram encontradas larvas do mosquito em 42 residências sapucaienses. O próximo LIRAa, primeiro de 2018, ocorrerá no final deste mês de janeiro.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios