Negócios

Defesa das empresas do Estado na pauta da Fecomércio-RS com o Sindicfc-RS e Sindigêneros-RS

O Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do RS (Sindicfc-RS) foi visitado nesta terça-feira (16) pelo presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn. O sindicato empresarial é da base da Federação e busca a representação efetiva das empresas do segmento.

Fecomércio RS com o Sindicfc RS e Sindigêneros RS 1 700x394 - Defesa das empresas do Estado na pauta da Fecomércio-RS com o Sindicfc-RS e Sindigêneros-RS
Bohn e Cunha no Sindicfc-RS

O presidente do Sindicfc-RS, Edson Cunha, explicou que sindicato participa e desenvolve diversas campanhas educativas de trânsito através dos 273 CFC’s associados, assim como atua como entidade técnica e consultiva junto a câmara temática de habilitação do Contran, Conselho Consultivo do Detran/RS, Federação Nacional de CFC’s e a Frente Parlamentar pelo Trânsito Seguro do Congresso Nacional.

Cunha ressaltou que a missão do sindicato é a representação e defesa das causas dessas empresas. “Defendemos nosso segmento em todas as esferas, assessorando seus associados e buscando desenvolver parcerias e colaborar com os governos, contribuindo para a qualificação na formação dos novos condutores”, disse Cunha.

Bohn e Micelli no Sindigêneros-RS
Bohn e Micelli no Sindigêneros-RS

No mesmo dia, Bohn esteve na sede do Sindigêneros-RS, onde foi recebido pelo presidente do sindicato empresarial, João Francisco Micelli Vieira. Na pauta, a importância da negociação coletiva para as empresas de gêneros alimentícios e a possível valorização dos sindicatos empresariais a partir do fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. Segundo Micelli, os supermercados associados ao sindicato podem participar das discussões sobre os acordos coletivos e, assim, os resultados acabam sendo um reflexo do que realmente ocorre na economia e nas questões das empresas representadas.

Fotos: Divulgação/Fecomércio-RS

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios