GeralPorto Alegre

Instituto Ling termina janeiro com variada programação

A programação está intensa nas últimas semanas de janeiro no Instituto Ling. De 23 a 31 de janeiro, o centro cultural recebe dois espetáculos do Porto Verão Alegre: Closer – O Amor é Suficente? e Como sobreviver ao fim do mundo. Na programação musical, o violonista Paulinho Fagundes lança seu novo disco em show inédito, e o jornalista Paulo Moreira dá curso sobre As Grandes Vozes do Jazz. O curso sobre a literatura de García Márquez será ministrado por Sergius Gonzaga, enquanto Renata Rubim ensina a aprimorar o olhar na Oficina Criativa das Cores. Na gastronomia, as degustações orientadas de vinhos e azeites oferecem conhecimento sobre a produção e os sabores do Rio Grande do Sul e do mundo. A exposição do artista Sérvulo Esmeraldo segue em cartaz, com entrada franca.

Na terça-feira, 23 (terça-feira), às 19h, o sócio-diretor da Vinícola Don Giovanni, Daniel Panizzi, orienta uma degustação especial de vinhos brancos e espumantes brasileiros, demonstrando as razões que promovem o sucesso da produção gaúcha. O chef Pedro Mattos, responsável pela cozinha do bar de vinhos Vineria1976, harmoniza a experiência com tapas e petiscos.

Publicidade

Nos dias 23 e 24 de janeiro (terça e quarta), às 20h, o espetáculo Closer – O Amor é Suficiente? busca trazer luz às diversas nuances da forma humana de se relacionar. Numa encenação bastante intimista dos atores do Complexo Criativo Cômica Cultural, com direção de Catharina Conte, Closer, de Patrick Marber, é um dos melhores textos sobre amor e fidelidade na contemporaneidade. Em 2004 foi adaptado para o cinema com direção de Mike Nichols.

Nos dias 23, 24 e 25, sempre a partir das 19h30, o universo do escritor colombiano Gabriel García Márquez é o tema do curso ministrado por um grande conhecedor de sua obra, o professor Sergius Gonzaga. O curso Letras prodigiosas: o universo de Gabriel García Márquez analisa alguns dos principais relatos do escritor, a partir de suas coordenadas nucleares: os demônios interiores do autor e os “demônios histórico-culturais” da época; os delirantes processos imaginativos; a visão de mundo; e os dois modelos de narração – o “realismo mágico” e o “novo realismo”.

Na quarta-feira, 24 de janeiro, às 19h, a designer Renata Rubim ministra a Oficina Criativa das Cores, cuja proposta é sensibilizar o olhar dos participantes. Partindo de imagens do dia a dia para identificar as tabelas cromáticas presentes no cotidiano, a atividade estimula a percepção e a criatividade.

Publicidade

Nos dias 24 e 25 (quarta e quinta), a partir das 19h30, o jornalista Paulo Moreira, responsável pela produção e apresentação do clássico programa Sessão Jazz, da FM Cultura, apresenta uma seleção especial das vozes que marcaram a história do Jazz. Mesclando história e audição comentada, o curso acontece em duas noites: uma dedicada às cantoras – Billie Holiday, Ella Fitzgerald, Esperanza Spalding, Cécile McLorin Salvant e Diana Kroll, e outra aos cantores – Louis Armstrong, Frank Sinatra, Al Jarreau, Tony Bennet e Gregory Porter.

No dia 25, quinta-feira, às 20h, Paulinho Fagundes – violonista revelação da música instrumental contemporânea – apresenta seu mais recente trabalho, o álbum Janeiro. Acompanhado de três excepcionais instrumentistas – Bebê Kramer (acordeom), Ronaldo Saggiorato (baixo) e Cuca Teixeira (bateria) – o show revela um diálogo livre entre artistas que trazem em suas origens o sul do Brasil, mas com uma longa trajetória nos mais diversos cenários musicais do mundo. Oriundo de uma família tradicional de músicos e compositores gaúchos, Os Fagundes – com nomes como Nico, Bagre, Neto e Ernesto Fagundes –, Paulinho já conquistou cinco prêmios Açoriano. Seu primeiro disco solo, Pedra Moura, lançado em 2010, é aclamado pela crítica.

Na sexta-feira e no sábado, dias 26 e 27 de janeiro, respectivamente às 20h e às 18h, a atriz, diretora e dramaturga Catharina Conte volta ao palco do Instituto Ling para apresentar o monólogo Como Sobreviver ao Fim do Mundo, uma peça sobre solidão, angústia, ansiedade, amor, finitude e morte de todas as coisas, inclusive do próprio universo. Às vezes de forma narrada, outras de forma em que a atriz vivencia o que está sendo dito, os acontecimentos são divididos com o público. A peça tem realização da Kháos Coletivo e do Complexo Criativo Cômica Cultural.

Para encerrar o mês, a especialista Maria Beatriz Dal Pont – única sommelier de azeites no RS – oferece uma Degustação Orientada de Azeites de Oliva, no dia 31 de janeiro, quarta-feira, a partir das 19h. Nessa aula especial, os participantes terão uma introdução ao mundo dos azeites de oliva extravirgem, partindo da contextualização histórica que envolve sua produção e apresentando verdades e mitos, qualidades e defeitos, técnicas básicas de degustação, além de dicas para harmonização. Durante o encontro também será apresentado um panorama dos azeites de oliva produzidos no Rio Grande do Sul, suas características e qualidades, bem como a degustação de azeites gaúchos de excelência, que já figuram entre os melhores do mundo.

Além da programação de cursos e espetáculos, é possível visitar a exposição PulsationsPulsações – Do arquivo vivo de Sérvulo Esmeraldo, que está em cartaz no Instituto Ling até o dia 31 de março de 2018, com entrada franca. A exposição apresenta uma das trajetórias mais originais da arte brasileira: conhecido por seu rigor geométrico-construtivo, Esmeraldo incursionou pela escultura, a gravura, a ilustração e a pintura, tendo sido um dos pioneiros da arte cinética e autor de obras de geometria e luminosidade singulares. A mostra, com curadoria de Ricardo Resende, traz 84 peças – entre gravuras, matrizes, desenhos, estudos, relevos, maquetes, instalações, documentos e fotografias – que fazem parte do arquivo do IAC – Instituto de Arte Contemporânea (São Paulo/SP).

Informações: www.institutoling.org.br

Endereço: Rua João Caetano, 440 | Bairro Três Figueiras | Porto Alegre

Fone: 51 3533-5700 | Email: instituto.ling@institutoling.org.br

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar