São LeopoldoVale do Sinos

Prefeitura e Unisinos apresentam projeto para Loteamento Padre Orestes

2017 01 18 Assinatura e Apresentação Projeto de Inclusão Urbana Loteamento Esperança 190 - Prefeitura e Unisinos apresentam projeto para Loteamento Padre Orestes

Poder público, universidade e comunidade. O esforço conjunto das três forças começa a transformar o Loteamento Padre Orestes, bairro Santos Dumont. Na tarde da quinta-feira, 18 de janeiro, a Prefeitura e Unisinos realizaram o Ato de Apresentação do Projeto de Inclusão Urbana Loteamento Esperança, localizado na Região Nordeste. A iniciativa, que contou com apoio da faculdade de Arquitetura, qualificará o espaço urbano situado na Padre Orestes. Na ocasião também foi assinada a sanção dos projetos de leis 825, 826, 827, que destina áreas públicas para fins de políticas habitacionais, beneficiando 157 famílias da região.

O secretário de Habitação, Nelson Spolaor, apresentou o loteamento e a construção do projeto. “Queremos que as famílias que ali residem passem a morar num processo de integralidade da cidade, é um projeto de inclusão urbana, o Loteamento Esperança, porque a comunidade já o reconhece e assim o trata ali. Demos um passo importante, mais ainda tem muito a melhorar”, colocou o secretário.

2017 01 18 Assinatura e Apresentação Projeto de Inclusão Urbana Loteamento Esperança 156 - Prefeitura e Unisinos apresentam projeto para Loteamento Padre Orestes

O prefeito, Ary Vanazzi, elogiou a iniciativa do secretário de Habitação e a interação constante da comunidade na elaboração do projeto. “Foi a primeira vez no nosso governo que reunimos tantas diversidades intelectuais, comunitárias. Se a gente tivesse essa visão universal, transversal das políticas teríamos um mundo melhor, cidades melhores, relações melhores. Esse é o nosso grande desafio. Não adianta só fazer o projeto, a continuidade dele que vai dar o resultado objetivo, que nós vamos poder falar para o mundo, depois, que funciona”, ressaltou o prefeito.

O coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unisinos, professor Adalberto Heck, enalteceu a importância do projeto na formação dos alunos. “Para a nossa satisfação nós estamos trabalhando com inclusão, e não inclusão no ponto de vista de incluí-los na cidadania, mas também de inclusão da nossa universidade na nossa comunidade. Estamos certos que nossos alunos entraram de um jeito e saíram diferentes, melhores e mais cidadãos”, enfatizou o professor.

A integração entre o social e o ambiental foi destacada pelo reitor da universidade, padre Marcelo Fernandes de Aquino. “Não podemos abrir mão do social. O social tem uma relevância na gestão da coisa pública. Mas hoje o social vai de mãos dadas com o ambiental”. E a partir do nome do loteamento o reitor fez, também, uma reflexão sobre o momento do país. “Esse momento é um momento do projeto esperança do Brasil. Não é só o loteamento que é esperança, o Brasil está precisando de muita esperança, de muito conforto. A Unisinos é parceira nessa questão de esperança do povo brasileiro”, disse Aquino.

2017 01 18 Assinatura e Apresentação Projeto de Inclusão Urbana Loteamento Esperança 5 - Prefeitura e Unisinos apresentam projeto para Loteamento Padre Orestes

Representando a comunidade a moradora, Dienifer de Lima, 27 anos, moradora há mais de três anos na região, não conteve a emoção ao relatar seus sentimentos. “A gente passou muita dificuldade na ocupação e é um presente receber isso aqui”, confessa. Atualmente Dienifer divide a casa com a companheira e um bebê. “Eu invadi porque não tinha onde morar, pagar aluguel era complicado, então resolvemos morar lá”. Buscando mais qualidade de vida e a regularização do espaço, Dienifer e um grupo de moradores procuraram a secretaria de Habitação. “Fomos bem recebidos. Daí surgiu os projetos da Unisinos. Ainda bem que agora está dando tudo certo. Foi muita luta, muitas pessoas não acreditavam que conseguiríamos. É uma vitória, é uma esperança, a gente botou o nome da ocupação de esperança e isso foi uma esperança para todos que moram lá”, exaltou a moradora.

Histórico

O diálogo entre Prefeitura e Unisinos iniciou em março de 2017. Ficou acordada uma parceria com o curso de Arquitetura visando o melhoramento do espaço urbano na região. Uma oportunidade para melhorar a qualidade de vida da população enquanto os estudantes aprimoram seu conhecimento inseridos no cotidiano da comunidade.

No dia 26 de agosto, 80 alunos fizeram o reconhecimento da área, onde foram desenvolvidos os projetos, com auxílio de drones. De posse das informações sobre o tamanho dos lotes, os estudantes elaboraram projetos de urbanização. O trabalho de topografia teve o acompanhamento de equipes do Semae.

Sobre o loteamento

A expansão da Linha do Trensurb até Novo Hamburgo fez surgir o Loteamento Padre Orestes, no bairro Santos Dumont. Junto com ele, nasceu uma oportunidade de vida com moradia, saúde e educação para acolher os moradores da antiga Vila dos Tocos e Vila Progresso.

O loteamento Padre Orestes conta com 640 unidades habitacionais entregues no início da década. Na parte de infraestrutura foram construídas três escolas que atendem 1 mil crianças da região do Santos Dumont, uma quadra esportiva e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ao lado da UBS.

Fotos: Thales Ferreira

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios