GeralSão Leopoldo

Prefeitura lança Programa Volta às Aulas em São Leopoldo

1701 Lancamento Volta as Aulas 9 - Prefeitura lança Programa Volta às Aulas em São Leopoldo

A Prefeitura, por meio de um trabalho intersetorial, envolvendo diversas secretarias, lançou na manhã de quarta-feira, 17 de janeiro, o Programa Volta às Aulas, na EMEF General Mario Fonseca, no bairro Arroio da Manteiga.

De acordo com o titular da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), Sandro Della Mea Lima, janeiro é o melhor mês para realizar o trabalho de manutenção, já que é um período de férias escolares e coincide com um menor fluxo de pessoas transitando pela cidade. “Vamos aproveitar esse período para intensificar os serviços. Será feito capina, pinturas, iluminação, desobstrução de esgoto, tudo em torno das mais de 50 escolas do Município”, comentou o secretário. O secretário de Obras e Viação (Semov), Geraldo Passos, destacou que essas ações de maneira periódica por meio do Fórum de Serviços Integrados. “Todos os bairros vão receber os devidos cuidados por parte da Prefeitura, que mesmo com as dificuldades financeiras do ano passado, vem fazendo um trabalho de excelência. Porém, para que essas manutenções sejam efetivas, precisamos da cooperação da comunidade, zelando pelos espaços públicos”, frisou.

A escolha da EMEF General Mario Fonseca não foi a toa. Recentemente, um forte vendaval destelhou boa parte da escola, fazendo com que o Executivo priorizasse o conserto, e ao mesmo tempo iniciando o Volta às Aulas por lá. “Estamos felizes em ver a agilidade com que agimos na resolução desse problema. Mas a manutenção da escola vai muito além do prédio, por isso contratamos vários professores através de concurso público em 2017, diferente de gestões anteriores que preferiam chamar educadores por meio de contratos temporários”, explicou a diretoria pedagógica da Secretaria de Educação (SMED), Quênia Strassburg. “Nos sentimos acolhidos com a atenção que a Prefeitura está dando para a nossa escola e para o bairro. A EMEF funciona como área de lazer para essas crianças no contra turno, por isso a estrutura estar em condições de recebe-los assim que iniciarem as aulas, é algo muito benéfico”, completou o supervisor da EMEF General Mario Fonseca, Diovani Rodrigues Pires.

Para o prefeito Ary Vanazzi, se a escola estiver em condições plenas de receber a todos e todas, incentivará ainda mais o aluno a frequentar o ambiente escolar, assim como uma participação mais efetiva da comunidade. “Em cidades menores, os moradores do entorno da escola auxiliam e se envolvem com muitas questões no zelo por esse ambiente. Eu vejo que nas grandes cidades isso é diferente. Queremos que vocês também se mobilizem, seja pelos alunos, professores conselhos escolares, representações de pais e mestres, claro, sempre contando com o cumprimento do nosso papel como Prefeitura, de garantir um espaço estruturado para a população”, garantiu o prefeito.

O trabalho de mobilização a comunidade foi feito pela Secretaria de Orçamento Participativo(SEMOP), que reuniu lideranças, moradores e demais pessoas do Arroio da Manteiga com alguma espécie de vínculo com a escola. “A comunidade pediu e foi atendida. Só temos a agradecer”, completou a coordenadora do grupo da Terceira Idade São João Batista, Senilda Felizardo de Mello, de 62 anos.

Foto: Divulgação/Decom/PMSL

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios