Esportes

Inter vence Juventude de virada e assume liderança do Gauchão

O Internacional venceu o Juventude por 3 a 1, de virada, na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio, e assumiu a liderança do Campeonato Gaúcho. Os gols colorados foram marcados por Patrick, Iago e Nico López. Guilherme Queiroz fez o gol do Juventude. Mas o nome do jogo foi D´Alessandro, autor de assistências para os três gols colorados.O time de Odair Hellmann chegou aos 15 pontos, com cinco vitórias e duas derrotas, em sete partidas. No próximo domingo, o Inter enfrenta o São Paulo, em Rio Grande.

Publicidade

O Inter começou com a mesma escalação que goleou o São José por 4 a 0. A novidade estava com a presença no banco de reservas pela primeira do atacante Wellington Silva, contratado junto ao Fluminense. Outra novidade foi o retorno de Uendel, recuperado de lesão, no banco de reservas também.

Juventude na frente
Os primeiros minutos foram de muita marcação e poucas chances de gol. O Juventude fazia uma marcação competente, deixando sem espaços os jogadores colorados. O Inter procurava avançar preferencialmente com o apoio do lateral Iago, pela esquerda. Mas foi a equipe de Caxias que abriu o placar. Aos 13min, Guilherme Queiroz recebeu passe na entrada da área e encobriu Danilo, marcando o gol do Juventude.

Patrick empata em lance de D´Alessandro
O Inter respondeu aos 15min com bom cruzamento de Dudu, que, por muito pouco, não chegou à cabeça de Damião, na pequena área. Quatro minutos depois o Inter chegou ao gol de empate, em lance de inteligência de D´Alessandro. O meia cobrou escanteio rapidamente e rasteiro para Patrick, que concluiu cruzado e marcou o seu primeiro gol com a camisa colorada. Na comemoração, Patrick homenageou o seu filho nascido na semana passada, no Rio de Janeiro.

Publicidade
Patrick marcou o seu gol e homenageou o filho nascido na semana passada

Virada com Iago
Aos 26, em jogada parecida, quase a virada. D´Alessandro cobrou falta rasteiro para Patrick na área, que matou e girou rapidamente. A bola passou ao lado com muito perigo. 50 segundos depois, Damião arrancou pelo meio e rolou para Pottker, na entrada da área. O atacante bateu rasteiro, mas a bola saiu ao lado do gol. Aos 33, Damião ganhou da zaga com drible de corpo e concluiu ao lado do gol. O Inter procurava toques rápidos e jogadas pelos lados com os laterais Dudu e Iago. D´Alessandro criava boas jogadas aproveitando as infiltrações de Patrick. Parecia que era questão de tempo para o Inter marcar mais gols. E assim foi.

Aos 43, um belo gol coletivo do Inter. A bola saiu de Danilo Fernandes, passou pela linha de defesa até chegar em Cuesta. O zagueiro argentino lançou para Damião que, de primeira, tocou para D´Alessandro. O meia viu Iago infiltrando na área e deu belo passe para Iago, que chutou forte de pé esquerdo para fazer o seu primeiro gol com a camisa colorada. E assim o Inter foi para o vestiário sob aplausos pela virada e principalmente pelo bom futebol apresentado.

Iago marcou o gol da virada ainda no primeiro tempo

Juventude volta melhor na segunda etapa
O Juventude voltou com duas mudanças para a segunda etapa. Entraram Vidal e Caprini nas vagas de César Martins e Felipe Lima. As mudanças tiraram a equipe caxiense da defesa e começaram a ameaçar o Inter. Aos 16min, Guilherme Queiroz recebeu na área e concluiu forte para defesa salvadora de Danilo Fernandes. Aos 22, Vidal entrou em velocidade na área e bateu forte para outra grande defesa de Danilo.

O técnico Odair Hellman colocou então Wellington Silva, que fez sua estreia com a camisa do Inter, no lugar de Rodrigo Dourado. Com isso, Patrick passou a atuar mais recuado, permitindo que Wellington Silva jogasse aberto pelo lado esquerdo. Aos 25, Damião deu grande arrancada até a entrada da área e tentou encobrir o goleiro. A bola foi na rede pelo lado de fora.

Aos 32min, Pottker deixou o gramado lesionado para a entrada de Nico López. Dois minutos depois, o maestro D´Alessandro em lance de velocidade, arrancou pela direita e deu passe genial para Nico López, entrando na área. O atacante esperou a saída do goleiro e concluiu com categoria para marcar o terceiro gol colorado. Foi a terceira assistência de D´Alessandro na partida, Que jogador!

Nico López

Aos 36, Gabriel Dias foi a campo no lugar de Dudu. Com isso, Edenílson foi para a lateral-direita. Aos 47, Damião recebeu na área e quando iria concluir, foi bloqueado pela defesa. Um minuto depois, Wellington Silva cruzou da esquerda para Gabriel Dias concluir ao lado. Foi a última chance da boa vitória colorada no Beira-Rio.

Internacional (3)
Danilo Fernandes; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Wellington Silva), Edenílson, William Pottker (Nico López), D´Alessandro e Patrick; Leandro Damião.
Técnico: Odair Hellmann.

Juventude (1)
Douglas; Vinícus, Fred, César Martins (Vidal) e Pará; Guilherme (Denner), Sananduva, Fellipe Matheus, Guilherme Queiroz e Felipe Lima (Caprini); Ricardo Jesus.
Técnico: Antônio Carlos Zago.

  • Gols: Guilherme Queiroz (J), aos 13min do primeiro tempo, Patrick (I), aos 19min do primeiro tempo, Iago (I), aos 43min do primeiro tempo, Nico López (I), aos 34min do segundo tempo.
  • Cartões amarelos: Guilherme Queiroz (J), Iago, Victor Cuesta (I).
  • Público: 13.440
  • Renda: R$ 320.175,00
  • Arbitragem: Daniel Bins, auxiliado por Thiago Diel e Andreza Mocelin.
  • Local: Estádio Beira-Rio.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar