Saúde

Aprenda a lidar com suas emoções e emagreça

A cada ano, milhares de pessoas no mundo se submetem a programas de emagrecimento (dos mais consagrados aos mais mirabolantes) e se frustram em razão da dificuldade de se livrar do sobrepeso e de não readquirir os quilos perdidos. Inovador sob todos os aspectos,
A Armadilha das Dietas apresenta um caminho diferente para a perda de peso – e para uma vida saudável de modo geral – por meio de técnicas de vanguarda para a mudança de comportamento por meio da Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT).

NÃO MUDE O SEU COMPORTAMENTO, MUDE OS SEUS PENSAMENTOS

Publicidade

Poucos de nós comem apenas para saciar a fome. As pessoas usam a comida com inúmeras finalidades: nutrição e prazer, claro, mas também evasão, alívio e compensação. O que há de errado nisso? Nada. É natural querer se sentir melhor.

O fato de o indivíduo fazer isso não significa que há alguma coisa errada com ele. Tampouco falhar em um plano de emagrecimento deve ser sinônimo de incapacidade ou motivo para que a pessoa se sinta infeliz. Conselhos e dietas, por mais bem-intencionados, são quase sempre inadequados e ineficazes, pois, ao concentrar-se apenas na tarefa de emagrecer ou não engordar, atacam o sintoma do problema, não a causa. No entanto, perder peso e manter um estilo de vida saudável são coisas bem diferentes.

A questão fundamental é entender como a comida funciona para cada indivíduo, a fim de mudar a relação dele com a alimentação. E a chave para essa transformação é a Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT), que ajuda as pessoas a lidarem com sentimentos e pensamentos negativos, a desenvolverem hábitos alimentares conscientes e a autocompaixão e a terem uma maior compreensão do que significa viver uma vida gratificante. A ACT demonstra que assumir práticas mais saudáveis está longe de ser uma “condenação”, e pode se encaixar com leveza no projeto de vida que se deseja ter.

Publicidade

ENCONTRE A SUA BÚSSOLA

Os livros de dieta, com frequência, vendem um programa de sacrifício que supostamente transformará quem os ler em tudo o que sempre sonhou… um dia. Destacando-se das inúmeras publicações do gênero, A Armadilha das Dietaspropõe algo diferente: a ideia de que é possível ter a vida que se quer aqui e agora, enquanto o indivíduo desenvolve hábitos mais saudáveis de modo gradual e ao longo do tempo.
Isso abre uma nova perspectiva na luta contra a balança, especialmente para quem já passou por muitas experiências com regimes e planos de atividade física. Afinal, de nada adianta ditar regras de emagrecimento se as pessoas não mudarem primeiro a perspectiva em relação a si mesmos e a maneira como encaram a vida.

Baseado em relatos de casos e escrito por três psicólogos especialistas em perda de peso e obesidade, A Armadilha das Dietas oferece métodos de eficácia comprovada e traz um grande diferencial: no fim de cada capítulo, propõe ao leitor uma série de exercícios para que ele possa aprender com suas experiências. A ACT ensina as pessoas a não lutar contra os pensamentos e sentimentos e se concentrar mais em viver bem, em vez de apenas se sentir bem de forma imediatista.

O livro vai muito além da questão das dietas; ele aponta uma maneira de a pessoa se envolver com a vida. Uma vida guiada por sua bússola interior que inclui hábitos saudáveis como uma escolha, não como uma obrigatoriedade, uma sentença de prisão; e também uma vida que inclui o controle de peso,
se isso, de um modo verdadeiro e profundo, for importante para ela.

Excepcionalmente bem escrito, A Armadilha das Dietas é uma verdadeira sessão de terapia, e foi elaborado por três especialistas na área:

Jason Lillis, PhD, professor na Escola de Medicina Alpert da Universidade Brown e psicólogo clínico no Miriam Hospital, em Providence, Rhode Island. É um dos principais pesquisadores sobre a ACT e coautor de Acceptance and Commitment Therapy;

Joanne Dahl, PhD, psicóloga clínica e professora de psicologia na Universidade de Uppsala, Suécia. É coautora de Acceptance and Commitment Therapy for Chronic PainLiving Beyond Your Pain e ACT and RFT in Relationships(www.joannedahl.com);

Sandra M. Weineland, PhD, psicóloga clínica, especialista em psicoterapia, e doutora em psicologia pela Universidade de Linköping, Suécia. Seus estudos têm-se centrado na aplicação da ACT para pessoas com obesidade.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar