Brasil disputa novas medalhas no Sul-Americano Juvenil de golfe

O 51º Campeonato Sul-Americano de Golfe Juvenil, a principal competição da categoria no continente, traz uma novidade este ano. Pela primeira vez, haverá a disputa por medalhas de ouro, prata e bronze também para os três primeiros colocados individuais no masculino e no feminino. Haverá também uma competição de duplas mistas, igualmente premiada com medalhas.

O torneio hoje (28) a sábado, 3 de março, no Club El Rodeo, em Medelin, na Colômbia. O time masculino é composto por Daniel Celestino (PR), líder do ranking brasileiro juvenil, Lucas Park (SP), atual campeão brasileiro juvenil, e Thomas Choi (SP). Eles lutarão pelo título da Copa Chile, como é chamada a competição masculina, vencida pelo Peru no ano passado.

No feminino, representam o Brasil Laura Caetano (DF), atual campeã brasileira juvenil e líder do ranking da categoria, Nina Rissi, que vive e treina na Espanha, e Beatriz Junqueira (RJ), atual campeã brasileira e líder do ranking pré-juvenil. Elas disputarão a Copa Argentina, como é chamada a competição feminina. A Colômbia é a defensora do título. A formação das duplas ficou a critério de cada confederação nacional. A CBG definiu que as duplas brasileiras serão compostas por Lucas Park/Nina Rissi, Daniel Celestino/Laura Caetano e Thomas Choi/Beatriz Junqueira.

A delegação brasileira ainda conta com a presença de Luiz Felipe Miyamura, técnico nacional da CBG, e Africa Alarcon, preparadora física da entidade. A participação do Brasil no torneio tem apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com recursos da Lei Agnelo Piva. No ano passado, o time masculino, formado por Celestino, Rohan Boettcher e Andrey Xavier, foi bronze na competição, que aconteceu no Belém Novo Golf Club, em Porto Alegre (RS). Os convocados fazem parte do Programa de Alto Rendimento da CBG, desenhado e comandado pela Diretoria Técnica. O programa tem como objetivo principal o desenvolvimento técnico dos atletas em competições internacionais para um melhor posicionamento no ranking mundial.

No início de fevereiro, a CBG promoveu um treinamento físico e de golfe com Africa e Miyamura e cinco dos seis convocados no Alphaville Graciosa Clube, um dos centros de treinamento da CBG, no Paraná – apenas Nina Rissi não compareceu, pois vive na Espanha.