NotíciasRS

Penitenciária Estadual do Jacuí inaugura sistema de videomonitamento

A Penitenciária Estadual do Jacuí passa a contar com um moderno sistema de videomonitoramento, que utilizará 70 câmeras na vigilância de apenados dos regimes fechado e semiaberto. A inauguração da sala de operações ocorreu nesta segunda-feira (16) e contou com a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer.

A partir da sala de operações, é possível monitorar a movimentação no interior da penitenciária e ao longo do perímetro externo de segurança, garantindo que eventuais arremessos sejam evitados ou flagrados em tempo de efetuar a prisão em flagrante dos responsáveis. Para Schirmer, este é um dos melhores exemplos do uso da tecnologia em prol da Segurança Pública. “As câmeras irão substituir o ser humano em uma função auxiliar, otimizando recursos e potencializando o trabalho nas mais diversas frentes”, afirmou.

O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal’lago disse que “a iniciativa, que é fruto do trabalho e da parceria entre a Brigada Militar, Poder Judiciário, Ministério Público e Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), vai auxiliar o trabalho dos policiais militares na PEJ, assim como já ocorre na Cadeira Pública de Porto Alegre (CPPA)”.

Na CPPA, o videomonitoramento está em operação desde 2015. Graças ao sistema, foi possível flagrar o policial militar tentando impedir a apreensão de drogas arremessadas para o interior da unidade prisional. O episódio ocorreu no último sábado (14). O PM foi detido e será submetido a todos os trâmites da Justiça Militar.

Parceria com o Judiciário

O projeto foi idealizado pela direção da PEJ em agosto de 2017. A aquisição e a instalação dos equipamentos foram possíveis graças ao aporte de R$ 333,4 mil feito pela Vera de Execuções Criminais (VEC) de Novo Hamburgo. As obras iniciaram em dezembro de 2017, sob supervisão do Departamento de Engenharia Prisional da Susepe.

O juiz responsável pela VEC de Novo Hamburgo, Carlos Boschang Jr., salientou o apoio das comarcas atendidas pela vara, para colaborar para o melhor funcionamento da casa prisional. “Sabemos das dificuldades de se administrar um casa prisional. Faz-se necessária a colaboração. As câmeras irão auxiliar em muito na elucidação de ocorrências internas, a partir da identificação dos responsáveis por qualquer atividade irregular dentro da PEJ”, disse.

A concretização de mais uma parceria firmada com o Poder Judiciário foi saudada pelo secretário Cezar Schirmer. Segundo ele, a relação com os magistrados tem sido profícua, norteada pela cooperação mútua, em prol da sociedade. “Este é apenas um dos momentos em que pudemos confirmar a disposição dos juízes e desembargadores em ajudar o sistema prisional”, enfatizou.

Tags
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios