DestaqueGeralNotícias

Pelo menos 20 pessoas morreram por causa do frio nos EUA

Uma onda severa de frio que prevalece em amplas áreas dos Estados Unidos (EUA) deixou pelo menos 20 pessoas mortas por congelamento e em acidentes de trânsito por causa do tempo.
Uma forte massa de ar do Ártico trouxe um frio severo na região do meio-oeste até o leste do país, nesta semana. Sérias precipitações de neve e temperaturas recordes foram registradas na área.

No Estado de Indiana, duas pessoas morreram em um acidente de trânsito, por causa da situação climática. Em Michigan, um homem de 70 anos de idade foi encontrado congelado e morto fora de sua casa.
Nevascas causaram o cancelamento de mais de 1.400 voos em dois aeroportos de Chicago, nessa quinta-feira (31). O número de cancelamentos de voo ultrapassou 4 mil nos últimos três dias.

Vórtice polar

A onda de frio é consequência de um fenômeno conhecido como vórtice polar. Trata-se de uma massa de ar extremamente frio que, normalmente, gira ao redor do Polo Norte, mas que se deslocou para o sul e passou a se movimentar sobre os EUA.

O deslocamento da massa de ar frio, por sua vez, é resultado de uma onda de ar quente no Ártico, que dividiu o vórtice polar e levou parte dele para os EUA, explica Judah Cohen, especialista em tempestades de inverno da Atmospheric Environmental Research, uma empresa comercial na região de Boston.

Esse tipo de ocorrência tem se tornado mais comum nos últimos anos. Alguns cientistas suspeitam de uma ligação com as mudanças climáticas, embora não se saiba ao certo o motivo. No inverno 2013-2014, um vórtice polar também levou à quebra de recordes de temperatura em várias partes do Canadá e do leste dos Estados Unidos. Agbr

Artigos relacionados