DestaqueNotícias

Saldo de crédito avança 0,6%

O estoque total de crédito do sistema financeiro nacional (incluindo recursos livres e direcionados) cresceu 0,6% frente a abril, com avanço de 5,5% em relação a maio de 2018, totalizando R$ 3,3 trilhões, conforme divulgado pelo Banco Central. Como proporção do PIB, o montante total de crédito ficou em 47,2%. Na região Sul, para operações iguais ou superiores a R$ 1 mil, o saldo total de crédito em maio foi de R$ 622,3 bilhões, com avanço de 0,5% frente ao mês anterior e crescimento de 8,7% na comparação interanual.

As concessões de crédito livre avançaram 1,5% em maio na comparação com abril, na série com ajuste sazonal. Em relação a maio de 2018, as concessões com recursos livres avançaram 18,9%. No acumulado em 12 meses, até abril, as concessões cresceram 12,2%, resultado das altas de 12,9% para pessoa jurídica e de 11,6% para pessoa física.

A taxa média mensal de juros para as operações de crédito com recursos livres teve queda de 0,4 p.p. em maio, registrando 38,5% a.a.. O resultado refletiu a retração em 0,6 p.p. da taxa às pessoas físicas, que registrou 52,9% a.a., e a recuo de 0,4 p.p. na taxa às empresas, que atingiu 19,5% a.a.. A inadimplência superior a 90 dias, também para as operações com recursos livres, ficou estável, marcando 3,9%, sendo 2,7% a taxa das empresas e 4,8% a taxa das famílias.

Depois de ficar estável no mês anterior, a expansão na margem do saldo de crédito foi puxada pelo crescimento nos recursos livres, que avançaram 1,4%, em contraponto ao recuo de 0,5% no saldo do crédito direcionado. Na comparação interanual, as concessões de recursos livres, que corresponderam a 92% do total das concessões em maio, aceleraram a expansão. A recuperação do crédito é peça fundamental para a retomada do processo de recuperação da economia, de forma que, sob a perspectiva da possibilidade de um corte da Selic ainda nesse ano, o canal de juros possa contribuir para um crescimento mais elevado no próximo ano.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios