DestaqueSerra Gaúcha

Farroupilha 2020-2040 debateu os desafios da indústria

Tecnologia e a preparação de jovens para o mercado de trabalho estiveram entre os questionamentos do público presente no Encontro Público da Indústria, realizado ontem (4). O evento faz parte do projeto Farroupilha 2020-2040 e contou com a presença de aproximadamente 80 pessoas, no Salão Nobre da Prefeitura. Os painelistas que abordaram os desafios da indústria trouxeram algumas macrotendências mundiais que podem afetar o futuro do setor e sinalizaram como Farroupilha pode aproveitar para avançar no tema. Entre elas estão:

  • Intensificação da demanda por alimentos
  • Aumento da demanda por energia
  • Expansão do entretenimento e turismo
  • Mudança no padrão de produção
  • Urbanização e emergência de megacidades
  • Infraestrutura moderna e competitiva
  • Envelhecimento da população
  • Aumento de tensões geopolíticas

O Subeixo indústria convidou três painelistas para debater o assunto com o público. Além do Coordenador do Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Direito da UCS,  ex-secretário de Planejamento de Caxias do Sul com experiência na área de Direito Público Dr. Adir Ubaldo Rech, estava o Coordenador Executivo do parque de ciências, tecnologia e inovação TecnoUCS, e do programa de StartUCS, professor na área de engenharia e empreendedorismo, Dr. Enor Tonolli Jr.  A terceira palestrante foi a Dra. Elóide Pavoni, graduada em Administração de Empresas pela Universidade de Caxias do Sul. É professora da Universidade de Caxias do Sul e coordenadora do Programa de empreendedorismo da instituição.

O evento teve como objetivo traçar o melhor caminho a ser percorrido para a constante renovação deste setor, que entre os desafios que precisa enfrentar, está a questão ambiental. O mediador do debate e secretário do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda Roque Severgnini questionou o Dr. Adir Ubaldo Rech possibilidades de crescer economicamente enfrentando questões ambientais. “Acredito que as leias ambientais deveriam ser municipais. O país não pode engessar os municípios, sendo que cada um tem suas particularidades”, afirmou o painelista Ubaldo Rech.

Durante o evento a comunidade também se manifestou e respondeu um questionário sobre o tema. As repostas, argumentos, proposições e sugestões serão documentadas e utilizadas para criar metas do plano estratégico Farroupilha 2020-2040 no Subeixo de indústria, Eixo de Economia.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios