Novo HamburgoVale do Sinos

“Busão da Vacina” vacinou neste sábado mais de 500 pessoas no Kephas

Unidade Móvel de Saúde de Novo Hamburgo esteve presente em evento de intersecretarias

Depois de passar pelos bairros Centro, Boa Saúde e Santo Afonso, a Unidade Móvel de Vacinação, popularmente chamado de Busão da Vacina, esteve na manhã deste sábado, 2, na comunidade do Kephas. Foram 512 pessoas acima de 12 anos ou mais, que das 9h ao meio dia, receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. O ônibus esteve estacionado na Rua da Conquista, em frente a EMEF Eugênio Nelson Ritzel, no evento chamado SDS na Comunidade, capitaneado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, com as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Cultura, Meio Ambiente, Saúde e Segurança.

A moradora da localidade Maria Conceição de Moura Chaves, levou seu filho para vacinar e gostou muito da iniciativa da prefeitura. “Sempre fui bem atendida no CRAS, e hoje ainda com o ônibus por aqui, vacinando meu filho, melhor ainda”, elogiou.

Busão da Vacina estará no bairro Canudos na terça-feira

A Unidade Móvel de Vacinação da Secretaria de Saúde de Novo Hamburgo, o Busão da Vacina, estará na próxima terça-feira, dia 5, das 10h às 15h, na Associação de Moradores do bairro Canudos, localizada Rua Walter Iserhard, nº 20, esquina com a Rua Presidente Costa e Silva. Serão aplicadas, exclusivamente com o imunizante da Pfizer, a primeira, segunda e terceiras doses aos públicos abaixo.

A PRIMEIRA DOSE será aplicada em adolescentes de 12 anos ou mais, que devem estar acompanhados pelos responsáveis, apresentar documento com foto ou certidão de nascimento. Já as pessoas de 18 anos ou mais devem apresentar documento com foto.

Já a SEGUNDA DOSE será para quem tomou a primeira dose ATÉ O DIA 10 DE AGOSTO OU ANTES DO IMUNIZANTE DA PFIZER. É necessário apresentar para completar o esquema vacinal comprovante da primeira dose e documento com foto.

A TERCEIRA DOSE (DOSE DE REFORÇO) para pessoas com 70 anos ou mais que receberam a segunda dose de qualquer imunizante há seis meses ou antes. Também para pessoas de qualquer idade com alto grau de imunossupressão que receberam a segunda dose de qualquer imunizante há 28 dias. Os idosos devem apresentar a seguinte documentação: comprovante da segunda dose e documento com foto. Já as pessoas com imunossupressão devem apresentar laudo médico, além de comprovante da segunda dose e documento com foto.

Unidade Móvel da Saúde está promovendo a vacinação contra a covid-19 pelos bairros de Novo Hamburgo – Foto: Zé Renato Oliveira/PMNH

Abaixo estão as situações que contemplam o público de imunossuprimidos.

IMUNOSSUPRESSÃO

São consideradas pessoas com alto grau de imunossupressão nas seguintes condições:
– Imunodeficiência primária grave.
– Quimioterapia para câncer.
– Transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras.
– Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 com menos de 200 céls/mm3.
– Uso de corticóides em doses de 20 mg/dia de prednisona ou mais, ou equivalente, por 14 dias ou mais.
– Pacientes em hemodiálise.
– Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto-inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).
– Uso das seguintes drogas modificadoras da resposta imune: Metotrexato, Leflunomida, Micofenolato de mofetila, Azatiprina, Ciclofosfamida, Ciclosporina, Tacrolimus, 6-mercaptopurina, Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, secukinumabe, ustekinumabe), Inibidores da JAK (tofacitinibe, baracitinibe e upadacitinibe).

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo