GeralSão Leopoldo

PF credencia agente da Guarda Municipal a instrutor de armamento e tiro

A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Leopoldo conta agora com um instrutor próprio para utilização de armamento e tiro. O agente Fábio dos Santos recebeu credenciamento junto à Superintendência Regional da Polícia Federal (PF) e está apto para capacitar demais integrante da GCM. A iniciativa torna o agente como primeiro instrutor próprio da Guarda Municipal e gerará uma economia na instrução para uso de arma de fogo pelos integrantes da corporação. O credenciamento da PF é altamente rigoroso, neste ano de 150 inscritos apenas 29 conseguiram a habilitação.

Publicidade

O diretor geral da GCM, Wagner Pires, afirma que o agente vai melhorar a qualificação continuada para uso de arma de fogo. “Hoje para utilizar arma de fogo cada integrante da Guarda precisa passar por capacitação de 100 horas e atualização anual de 80 horas. Com a utilização de agente próprio, as munições doadas pela empresa Taurus e a capacitação com instrutor próprio vamos reduzir custos. Atualmente são R$ 1.700,00, agora acreditamos que a capacitação para uso de arma de fogo para os nossos agentes fique em R$ 400 por pessoa”, afirmou Pires.

O secretário de Segurança e Defesa Comunitária (Sesdec), Carlos Sant’Ana, diz que qualificação continuada é de muita importância para o trabalho da GCM. “Termos um instrutor próprio melhora possibilita o aprimoramento da Guarda, ampliando a capacidade dos agentes na defesa da sociedade leopoldense”, destaca Sant’Ana.

O novo instrutor, Fábio dos Santos, também possui habilitação para capacitação com uso de armas não letais e acredita que a nova credencial complementará o serviço de policiamento comunitário. “O treinamento não será importante apenas para a segurança dos agentes, mas também para a população”, afirmou dos Santos.

Publicidade

Foto: Rodrigo Machado

Leia também:  Taurus doa armas e munições para a Guarda de São Leopoldo

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar