RS

FCDL-RS disponibiliza para os lojistas gaúchos as novidades apresentadas na NRF 2018

A FCDL-RS foi convidada especial do Grupo Gouvêa de Souza para participar de um evento fundamental para o desenvolvimento do varejo no Brasil. O Retail Trend Pós NRF 2018, levou o presidente Vitor Augusto Koch (foto) e dirigentes da entidade representativa do varejo gaúcho ao Rio de Janeiro para buscar conhecimento e compartilhá-lo com os lojistas gaúchos, a fim de incrementar o setor no Rio Grande do Sul.

– Participamos do Retail Trends Pós NRF pelo fato do evento ser uma oportunidade de troca de ideias e de disseminação dos aprendizados adquiridos nos Estados Unidos, além de oferecer um espaço para relacionamento entre os líderes do setor. É uma chance para estarmos a par das maiores novidades do varejo e disseminá-las entre os lojistas do Rio Grande do Sul – afirma o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

Publicidade

Tecnologias influenciando a mudança do comportamento do consumidor

A NRF Retail’s Big Show é um dos grandes eventos mundiais de inovação do varejo mundial, mostrando, a cada nova edição, temas e conceitos que se destacam e marcam o ano. Em 2018, isso não foi diferente. Muito se falou na NRF no perfil do consumidor atual e de características como falta de paciência e a crescente necessidade de resolver tuto, literalmente, na palma da mão. Ou seja, o uso intenso da tecnologia englobando aspectos diversos como alimentação, locomoção e consumo.

Um sentimento para o qual as empresas varejistas devem estar atentas no que diz respeito as mudanças nas relações de consumo é o chamado “Atrito Zero”, no qual o cliente faz suas compras de forma autônoma e, da mesma forma, realiza o pagamento. Aqui, pode ser citado o exemplo da Amazon, que lançou sua loja Amazon Go, um supermercado sem caixas nem filas, onde ao passar pela saída da loja o consumidor tem os produtos que escolheu escaneados automaticamente, sem a necessidade de passar por um caixa e efetuar o pagamento de maneira convencional.

Publicidade

Outra lição relevante da NRF 2018 é que os varejistas estão correndo atrás dos seus clientes, que, literalmente, estão no comando. A busca por deixá-los comprometidos com a marca e para terem uma experiência de compra cada vez mais inesquecível é incessante. Atualmente, o consumidor começou a exigir do varejo mais compartilhamento, inovação e conveniência. Por isso, o varejo precisa repensar seu papel para se aproximar mais do consumidor. Quando se tem valores semelhantes aos dos clientes, é mais fácil se conectar a eles.

Nesse sentido, a adoção de tecnologias inovadoras que atendam as expectativas dos clientes e a minimização do atrito em suas jornadas de compra são fatores importantes. O incremento da tecnologia na relação loja/consumidor não deixa de lado a experiência que o consumidor tem com a marca. Ainda assim, temas como a Inteligência Artifical (IA), foi um dos mais comentados na edição de 2018 da NRF. O IA falado aborda o processo que “treina” computadores para processar grandes quantidades de dados e reconhecer os padrões de usuários e consumidores e, dessa forma, atender personalização que podem ser adaptados para cada indivíduo proporcionando a melhor experiência para cada consumidor.

Realidade Aumentada (RA) e Realidade Virtual (RV), são conceitos que também estão cada vez mais requintados e requisitados. Conhecer a RA permite que os compradores vejam a mercadoria dentro de seu próprio espaço e configurações pessoais. A RV faz com que o cliente entenda como funciona, ou como é algo que não está no ambiente. A presença da tecnologia nas lojas físicas será intensificada com a ampliação do uso dos dispositivos móveis pelos vendedores. Dando aos funcionários acesso a dispositivos aos quais já estão familiarizados, a realização de operações de nível de loja será facilitada. Como exemplo, a confirmação de entrada, gerenciamento de inventários e estoques, localização de mercadorias e consulta de solicitações de clientes e gerenciamento de pedidos, tudo sem a necessidade de sair da área de vendas.

Experiências únicas para o consumidor

Ofertar aos consumidores, de forma consistente, experiências únicas e inesquecíveis no momento da compra também foi um aspecto destacado na NRFS 2018. A ideia é que surpresas positivas contribuem para cativar e fidelizar o cliente, fazendo-o ter em presente em seu coração o atendimento, a satisfação e a referência da loja e da marca. Por isso, cresce em importância proporcionar capacitação para os colaboradores, pois eles representam o elo de ligação entre sua empresa e os consumidores. Personalizar o atendimento e corresponder aos desejos dos clientes são aspectos que se sobressaem cada vez mais para se diferenciar no exigente mercado dos dias de hoje.

Ter um propósito bem definido e saber compartilhá-lo, além de atrelá-lo às novas tecnologias, são desafios que estão se apresentando para os lojistas. A NRF 2018 demonstrou, de forma cristalina, que a aceleração evolutiva das tecnologias é muito forte. Definitivamente, caiu a ideia de varejo digital e físico. Tudo é varejo! Para os próximos anos a informação e a tecnologia de dados serão fundamentais dentro do varejo. Os lojistas precisarão interpretar as informações com a maior rapidez possível, usando-as para entender o que o consumidor está falando, possibilitando a geração de mais receita.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar