GeralSão LeopoldoSerra Gaúcha

Carnaval em São Leopoldo só termina em 17 de março

A programação de carnaval de São Leopoldo só se encerra no dia 17 de março, dia do desfile da escolas de samba da cidade na avenida Dom João Becker. Para entrar no clima, a Prefeitura de São Leopoldo, por meio da Secretaria de Cultura e Relações Internacionais (Secult), apoia diversas atividades, como apresentação de blocos e ensaios das escolas de samba nas muambas descentralizadas e a mostra dos sambas enredos de cada escola.

No sábado, 24 de fevereiro, o Bloco Não Cutuca que Eu me Empolgo fará seu ensaio geral, às 18h, em frente ao Museu do Trem. No mesmo dia, às 19h, o Bloco da Imperatriz realiza sua Muamba Descentralizada no bairro Feitoria. No domingo, 25 de fevereiro, a festa fica por conta da Escola de Samba Imperadores do Sul, com a Muamba Descentralizada, às 19h, no bairro Duque de Caxias.

Publicidade

No mês de março a folia continua, com a Mostra de Samba Enredo e Recondição da Corte, promovida pela Império do Sol, no bairro São Miguel, no dia 3 de março, às 20h. No dia 10, será a Escola de Samba Estação Primeira comanda a Muamba, que inicia às 19h, na Rua Leopoldo Wasum, Vila Brás. Outro evento desse dia é o desfile dos Bloco Não Cutuca que Eu me Empolgo e Vem que tem, a partir das 19h, com saída em frente a Câmara de Vereadores.

O diretor de Diversidade Cultural da Secult, Cledenir Dias Paim comentou que as preparações para o Carnaval 2018 em São Leopoldo se iniciaram em dezembro de 2017, em virtude das comemorações do Dia Nacional do Samba, celebrado no dia 2 daquele mês. “Fizemos várias atividades alusivas a data e começamos a conversar com as escolas. Queremos um Carnaval que envolva toda a comunidade no dia 17 de março, por isso que as muambas e demais eventos nos bairros servem de aquecimento para o grande desfile”, explicou Paim.

O secretário de Cultura, Pedro Vasconcellos, lembra que carnaval é parte da história do Município e é preciso fortalecer a tradição. “Vamos fazer um grande carnaval e as muambas descentralizadas levarão a festa para a periferia da cidade”, disse o secretário.

Publicidade

As Muambas Descentralizadas são organizadas pelas agremiações e blocos, com apoio da Secretaria de Cultura e Relações Internacionais.

>> CLIQUE PARA AMPLIAR A IMAGEM

Informações da Scom/PMSL

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar