Destaque

Brasil bate recorde de empresas e negócios na Gulfood 2018

Distribuídas em cinco pavilhões (Nacional, Carne Bovina – Beef; Aves – Poultry; Grãos e Bebidas) as 96 empresas brasileiras que participaram da edição 2018 da Gulfood, principal feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio que terminou no dia 22 de fevereiro, fizeram bonito: foram alinhavados mais de US$ 1,4 bilhões em negócios imediatos e para os 12 meses seguintes. A presença brasileira, organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), bateu recordes de quantidade de empresas participantes (superando as 90 de 2017) e montante de negócios (25% superior a 2017).

Nos espaços destinados a carne e alimentos gerais estavam disponíveis mezaninos onde foram oferecidas degustações de comidas típicas brasileiras, como açaí, pão de queijo, cortes de carnes brasileiros e tapioca, entre outros. Neste ano a Apex-Brasil separou um espaço para que oito empresas que ainda não têm muita experiência em exportação também participassem do evento, ganhando experiência internacional e prospectando parceiros.

Publicidade

Segundo dados de Inteligência de Mercado levantados pela Apex-Brasil há muitas oportunidades de negócios para os fornecedores brasileiros. A região depende fortemente de importação de alimentos e bebidas e tem alto consumo per capita em de alimentos. “O Oriente Médio é um mercado ainda pouco explorado pelas empresas brasileiras. Um exemplo disso é que, em 2017, o Brasil foi a origem de somente 1% de tudo o que os Emirados Árabes Unidos importaram, o que significa que há um enorme espaço para ampliação da presença brasileira na região. A participação na Gulfood faz parte do esforço para aumentar e fortalecer ainda mais nossa presença entre os países árabes do Golfo” destaca a Diretora de Negócios da Apex-Brasil, Márcia Nejaim.

Mercado

Em 2017, as exportações brasileiras para os países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) – Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Catar, Bahrein e Omã – totalizaram US$ 6,84 bilhões e as importações, US$ 2,88 bilhões. O saldo foi positivo para o Brasil em US$ 3,96 bilhões.

Publicidade

Somente para os Emirados Árabes Unidos, onde a feira é realizada, as exportações brasileiras totalizaram US$ 2,51 bilhões e as importações ficaram em US$ 187 milhões, em 2017. Considerando apenas alimentos e bebidas, o total é de US$ 4,15 bilhões em exportações brasileiras para os países do CCG em 2017, com destaque para carne de frango, açúcar e carne bovina.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar