Brasil

Projeto Escut@ção, voltado para o público jovem, é lançado em Nova Santa Rita

Com apoio do Instituto InterCement, o projeto visa levantar condições de vida dos adolescentes e jovens entre 10 e 18 do município e indicar possibilidades para melhorar o ambiente em que vivem

No último dia 05, foi lançado o Projeto Escut@ção no município de Nova Santa Rita (RS), com apoio do Instituto InterCement e da Rede Marista de Solidariedade e participação de lideranças e representantes da comunidade, especialmente dos membros do Conselho de Desenvolvimento Comunitário – CDC. O projeto tem como objetivo realizar um diagnóstico participativo sobre a condição de vida dos adolescentes e jovens entre 10 e 18 do município e as políticas públicas existentes para esse público.

No encontro foi apresentado um panorama geral da cidade, a partir de dados iniciais sobre a população, tais como desenvolvimento humano, trabalho, vulnerabilidades, entre outros, promovendo um debate posterior, com base nas diversas perspectivas da população local. A partir das discussões será estruturado um Grupo de Trabalho Local, com representantes dos diversos grupos da sociedade civil e governamental, que participará das próximas etapas do projeto, com a responsabilidade de contribuir com o diagnóstico.

“Estamos muito felizes em apoiar essa iniciativa inovadora e tão necessária na comunidade nos dias de hoje, pois acreditamos muito na importância do tema que pode levantar questões e ações que visem melhorar a qualidade de vida das crianças e adolescentes de Nova Santa Rita. A participação de todos – cidadãos, governo e empresas privadas – é de extrema importância para o sucesso e continuidade dessas ações”, explica Carla Duprat, diretora do Instituto InterCement.

As próximas etapas do Projeto Escut@ção, em Nova Santa Rita, consistem em uma reunião com a prefeita Margarete Simon Ferretti e secretários de governo para discutir os rumos do projeto, oficinas com grupos de adolescentes e jovens, mapeamento simbólico e participativo, entrevistas com atores do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, lideranças comunitárias e técnicos das áreas do governo, a fim de coletar informações para o diagnóstico.

Há, também, a proposta de discussão com o Grupo de Trabalho, baseado nos dados do diagnóstico para analisar os temas abordados e elencar as prioridades de ação para o município. Isso será, por fim, reunido em uma Carta de Recomendações para ações do governo municipal e sociedade civil.

O Instituto InterCement apoia o projeto ajudando nas articulações com os grupos envolvidos, promovendo parcerias, grupos de discussões, além do apoio financeiro.

Sobre InterCement
A InterCement é a segunda maior empresa cimenteira do Brasil e uma das 20 maiores produtoras de cimento do mundo. Com sede em São Paulo, a companhia conta com 40 fábricas de cimento e moagens distribuídas por oito países na América do Sul, Europa e África e entre suas controladas estão a Loma Negra, maior cimenteira da Argentina, e a portuguesa Cimpor. No Brasil, possui as marcas Cauê, Goiás, Zebu, Cimpor, Bonfim e Cimbagé. Fundada em 1967, a empresa tem como missão e valor investir em inovação e sustentabilidade por meio das ações do Instituto InterCement.

Sobre Instituto InterCement
O Instituto InterCement, criado em julho de 2015, é responsável pelas estratégias de investimento social privado da InterCement, desenvolvendo, em conjunto com os municípios, iniciativas que visam apoiar as potencialidades locais contribuindo para o desenvolvimento comunitário. Todas as iniciativas sociais buscam equilibrar os aspectos econômico, social e ambiental, além de promover o fortalecimento dos vínculos comunitários. A articulação em cada cidade se dá através dos Comitês de Desenvolvimento Comunitário (CDCs), que contam com representações do poder público, sociedade civil e empresas. O objetivo é desenvolver o empoderamento das pessoas e comunidades, de forma a “fazer diferente e fazer a diferença”.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo