BrasilSão Leopoldo

GGI apresenta indicadores criminais de 2017 e do primeiro bimestre de 2018

Durante a reunião ordinária do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) foram apresentados os indicadores de criminalidade de 2017 e do primeiro bimestre de 2018. O encontro ocorreu na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito e foi coordenada pelo secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Comunitária, Carlos Sant’Ana.

O delegado da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (DPRM), Joel Oliveira, falou sobre os números e destacou a redução de homicídios e a recuperação de veículos roubados ou furtados em São Leopoldo. “Neste mesmo período do ano passado foram registrados 19 homicídios. Agora em 2017, o número caiu para cinco. A queda está relacionada ao trabalho integrado entres as forças de segurança, Polícia Civil, Brigada Militar, Guarda Civil Municipal e a Polícia Rodoviária Federal”, apontou. O delegado Joel também credita ao trabalho integrado o grande número de veículos roubados que foram recuperados. “No primeiro bimestre de 2018 foram 236 veículos roubados ou furtados em São Leopoldo. Destes, 176 foram recuperados, ou seja, mais da metade”, frisou o delegado.

O integrante da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Comunitária (Semusp), Arlei Castro, apresentou o Processo de Participação Popular na Segurança Pública de São Leopoldo. A proposta é criar uma metodologia de escuta/diálogo/encaminhamento de demandas da comunidade. “Ao todo São Leopoldo conta com cerca de 150 entidades de representação comunitária, como associações de bairros e conselhos municipais. Nosso objetivo é aproveitar esta cultura de participação da sociedade para fomentar novas ideias no âmbito da segurança pública”, afirmou Castro.

Informações da Scom/PMSL

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo