Geral

Brasileiros se destacam no 1st Cirque International Festival of Brazil Contest

O Brasil é o primeiro País da América Latina a sediar o maior e mais importante festival internacional de circo do mundo com dezenas de artistas de diferentes nacionalidades. 1st Cirque International Festival of Brazil Contest aconteceu em São Paulo, de 2 a 6 de maio, com competições acirradas e sucesso absoluto de público, cerca de 15 mil pessoas em quatro dias. E o Gran Finale foi no domingo, 6 de maio, com cerimônia de premiação inspirada no megaevento de Mônaco, onde acontece há mais de 40 anos.

O troféu Ouro do 1st Cirque International Festival of Brazil Contest foi para a Troupe de Xinjiang com o belíssimo número Lago do Cisne. Já as três premiações com o Prata foram para brasileiros, que se destacaram com espetáculos incríveis. Os ganhadores foram Pepe Jardim com Comédia Física; Marcella Ribeiro e Olavo Rocha Muniz com Porto Coreano, e Alan Pagnota e Rafael Ferreira da Dupla Mão na Roda.

Publicidade

Os três indicados ao Bronze foram: Hanna & Oleksandr da Ucrânia, com o número duo Parshins; Evgeny Slepukhin da Rússia, com Corda Bamba, e Ayasgaian, da Mongólia, com o contorcionismo.

1st Cirque International Festival of Brazil Contest teve apresentações de artistas circenses da Ucrânia, Etiópia, Argentina, Mongólia, Rússia, Alemanha, China, Itália e Hungria. Do Brasil, participaram talentos de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul.

Os espetáculos foram únicos e receberam voto do público, além de jurados como Eugene Chaplin, filho de Charlie Chaplin que veio da Suiça e é o atual presidente do Festival Internacional de Cinema de Comédia de Vevey; Peter Dubinsky, dos Estados Unidos, produtor de shows para Walt Disney World; da Rússia, Alexander Ogurtsov, vice-presidente e líder artístico do “Nikulin Moscow Circus” e Askold Zapashnyy, diretor artístico do Great Moscow State Circus e do Festival Internacional do Circo conhecido como IDOL; Pavel Kotov, do Canadá, diretor de elenco do Cirque du Soleil; da França vem Thierry Outrilla, diretor artístico do famoso “Parisian Cabaret” em Paris; Xiaoling Feng, da China, diretora da Cia. Xinjiang, com premiações em diversos festivais internacionais e nacionais; e, para completar, o brasileiro Wladimir Spernega, fundador da UBCI- União Brasileira de Circos Itinerantes e atualmente está na gestão do Grupo Beto Carreiro.

Publicidade

Vale ressaltar que o festival foi criado em 1974 pelo Príncipe Rainier III com o nome de Monte-Carlo International Circus Festival e desde 2006 tem a Princesa Stéphanie de Mônaco na presidência. E o 1st Cirque International Festival of Brazil Contest seguiu os moldes da produção de Monte-Carlo, com o apoio da organização internacional do evento.

1st Cirque International Festival of Brazil Contest encerra deixando alguns talentos no Cirque La Force, instalado ao lado do Anhembi, para a estreia de Show Reverie, temporada de espetáculos que acontecerá na capital paulista de 11 de maio a 12 de agosto.

Serviço

Show Reverie

  • Diretor Artístico: Mathieu Laplante
  • Diretor Técnico: Vincent Schonbrodt
  • Produtores Executivos: Jeferson Alexandre e Marlene Querubin
  • De 11 de maio a 12 de agosto de 2018
  • Capacidade para mais de 2300 pessoas por espetáculo
  • Preços a partir de R$ 180
  • Local: Anhembi – São Paulo – Capital (ao lado do Palácio das Convenções)

 

Etiquetas
Publicidade
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios