CASANEWS

16ª Expolux levou para seus visitantes geração de negócios e inovação

Realizada no Expo Center Norte, a Expolux reuniu mais de 20 mil visitantes em seus 36 mil m² de espaço. Nesta edição, a planta da feira foi setorizada em perfis distintos: iluminação técnica e iluminação decorativa, facilitando assim a visitação do público. A 16ª edição da Expolux contou com 300 expositores nacionais e internacionais, 60 horas de conteúdo informativo e uma vasta gama de produtos, soluções e conceitos inovadores.

O que não deixou de ser surpresa foram os dados da ABILUX, Associação Brasileira da Indústria de Iluminação, que reforçaram a tendência de leve crescimento do setor que deve fechar o ano com um faturamento na casa dos R$ 3,55 bilhões. Este valor é 3% maior do que o constatado em 2017. Já quando o assunto é sobre o número de lâmpadas LED no Brasil, em 2016, cerca de 120 milhões de unidades passaram pelo mercado nacional, enquanto que em 2017 este número cresceu para 214 milhões.

Publicidade

Se o fluxo aumenta, em contrapartida, o valor unitário para o consumidor caí. Em 2012, quando foi iniciado o processo de modernização na iluminação, tornando obrigatória a paralização da comercialização de lâmpadas incandescentes, as lâmpadas LED custavam 31% a mais do que o registrado em 2017. Com este cenário, boas oportunidades e novidades apontam para o futuro da indústria.

Neste ponto, a City Lumi se destacou por ser uma indústria totalmente nacional e uma das primeiras fábricas nacionais de lâmpadas LEDs inteligentes. Debutando na Expolux, a empresa, que conta com uma fábrica situada no polo industrial de Manaus, aproveitou o principal encontro do setor para apresentar sua novidade: a lâmpada LED autodimerizável. Tendo três potências (9w, 4,5w e 2,5w), uma única lâmpada consegue criar diferentes ambientes de acordo com a necessidade do momento.

expolux 351x468 - 16ª Expolux levou para seus visitantes geração de negócios e inovação

Publicidade

Inovação – Um dos destaques desta edição foi o Decor Prime Show, apresentado pela segunda vez na Expolux e que contou com a curadoria do Estúdio Tarimba. O espaço, que reuniu diferentes estúdios e arquitetos parceiros, trouxe para os visitantes o que há de mais moderno em conceitos e tendências em diferentes ambientes onde a luz pode se tornar um elemento transformador. Os espaços temáticos apresentaram inspirações para clubes urbanos, praças, indústrias, residências, hotéis e meios de hospedagem, espaços kids, bares e lojas.

Neste ano a Expolux contou com a Galeria de Projetos de Iluminação, que reuniu os projetos luminotécnicos vencedores da oitava edição do Prêmio ABILUX Projetos de Iluminação. Durante a realização da feira, diferentes propostas com viés residencial, corporativo, urbano e de eficiência energética trouxeram os destaques desta premiação. Já a Mostra de Design de Luminárias reconheceu os ganhadores do Prêmio ABILUX Design de Luminárias. Em um espaço aberto ao público, produtos originais, tecnológicos e estéticos estiveram em exposição para o público visitante.

Produtos com inovações tecnológicas de design ou funcionalidade e com foco em sustentabilidade também ganharam destaque. Em parceria com a Revista Lumière, a feira sinalizou tudo que de melhor foi apresentado nesse segmento com o Selo Inovação. Ao todo, 30 expositores ganharam o selo nesta edição.

Os visitantes tiveram contato com palestras e workshops gratuitos e de curta duração voltado para lighting designers, arquitetos, designers de interiores, engenheiros, técnicos, lojistas, varejistas e demais profissionais da cadeia da iluminação. Na Arena do Conhecimento – Iluminação de Interiores, com curadoria da Lume Arquitetura, palestras com temas relacionados a iluminação, como software de iluminação, projetos especiais em fibras óticas com fontes LED, automação acessível, iluminação para o varejo, iluminação inteligente para edifícios, o Lighting Design longe dos grandes centros, prática e projetos luminotécnicos, entre outros.

Durante os quatro dias de evento, a feira recebeu o SIMPOLED Internacional, simpósio organizado pela ABILUX. O evento ofereceu um momento de reflexão e inspiração para novos caminhos não apenas para a economia setorial brasileira, mas para expansão do olhar frente às recentes mudanças globais na indústria da iluminação. Os palestrantes deste ano foram Lear Hsieh, da MSDESIGN, presidente daChina Lighting Designer Association, e a lighting designer norte-americana Addison Kelly, presidente da U.S Lighting Consultant. Durante a feira, aconteceu ainda o Fórum ISA-Brazil International SSL Forum, com o tema “The raising of beyond lighting”.

Etiquetas
Publicidade
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios