DestaqueLitoral RSVariedades

Dicas para quem quer conhecer Aruba

Estilo tropical, encanto europeu, sabor latino e um mar com diferentes tons de azul e verde, fazem da pequena ilha de Aruba, ao norte da Venezuela, o lugar perfeito para passar férias. Considerado o destino com melhor custo-benefício no Caribe – a infraestrutura é mais completa que nas demais regiões do país –, a vida noturna é agitada, há spas para relaxar, cassinos para se divertir e atividades para curtir com toda a família. Na Ilha Feliz, como é conhecida, as temperaturas variam entre 24°C e 30°C, com raros dias de chuva. Fabio Timotheo, gestor de produtos e negócios da FRT Operadora de Turismo, viajou a convite do governo de Aruba e traz algumas informações básicas e super-relevantes.

O IDIOMA

Os idiomas oficiais são o holandês e o papiamento, língua nativa que mistura holandês – a ilha foi colonizada pela Holanda –, inglês, francês, espanhol e até português. A maior parte das pessoas locais fala também inglês e espanhol fluentemente. Pode ir sem medo: eles são bastante hospitaleiros. Se você arriscar no “portuñol”, o papo já flui bem.

MOEDA E FUSO

A moeda oficial é o florin arubano, mas o dólar americano é aceito em praticamente todos os estabelecimentos, assim como cartões de crédito ou aqueles pré-pagos, contratados para viagens. Caso você receba o troco em florins, saiba que o valor da moeda está indexado ao dólar (oficialmente, a 1,79). Aruba está a uma hora atrás do fuso de Brasília (DF).

COMO CHEGAR

A Copa Airlines tem voos via Panamá; Avianca, via Bogotá. Ao chegar ao Aeroporto Internacional Rainha Beatrix (AUA), em Aruba, o turista encontra opções de traslados até os hotéis e resorts onde ficará hospedado.  Ainda há taxis com preços tabelados e quiosques de locadoras de automóveis de bandeiras conhecidas – esta pode ser uma boa opção, já que são aceitas carteiras de motoristas internacionais. Também há cruzeiros de várias linhas que ingressam na ilha ao longo do ano.

COMO TRANSITAR

Aruba é uma ilha pequena: com apenas 30 quilômetros de comprimento e 9 de diâmetro. Muitos turistas preferem alugar um carro, o que pode facilitar o acesso a alguns pontos mais distantes. Para quem não deseja circular muito fora dos resorts, é possível fazer excursões organizadas. Outra opção são os táxis, cujos preços são vantajosos, já que estão tabelados.

ONDE FICAR

Com 28 hotéis e resorts, a ilha oferece opções para todos os bolsos, desde elegantes resorts de luxo a hotéis mais despojados. Na capital, Oranjestad, os preços tendem a ser mais acessíveis. Nos lugares junto à praia, há quartos com vistas para o mar. As grandes bandeiras hoteleiras estão por lá, como Holiday Inn, Hilton, Hyatt e Renaissance Aruba Resort & Casino, resort em que Fabio Timotheo hospedou-se. O gestor destaca a atenção quanto à recepção no dia de entrada: “Surpreendeu-me o welcome com uma garrafa de vinho e tábua de frios. Além disso, o padrão internacional de qualidade e o atendimento completam a excelência do serviço”.

Mesmo não ficando hospedado em um dos hotéis de Palm Beach, visitar esta praia é obrigatório. Por ali, há diversas opções de entretenimento, bares de praia com boa estrutura, restaurantes e um píer de onde saem passeios de barco. Também é na região de Palm Beach onde se concentram os shoppings e os cassinos mais animados!

COMPRAS

Para quem adora uma comprinha, Aruba é um destino tentador! Há lojas livres de impostos (duty-free) e o imposto sobre os produtos de luxo é irrisório; por isso, é comum encontrar boas ofertas em roupas, tênis e perfumes – especialmente os de grife. Os shoppings Renaissance Mall (de luxo), Palm Beach Plaza, South Beach Center, The Village Mall e o shopping a céu aberto Paseo Herencia – onde há um espetáculo de luzes nas fontes à noite –, são ótimas pedidas para bater perna.

GASTRONOMIA

Aruba tem muitas opções de restaurantes, dos mais variados estilos. Não será difícil encontrar restaurantes mexicanos, italianos, americanos ou especializados em peixes e frutos do mar. A cozinha internacional, além de democrática, está entre as principais atrações em Aruba. Fábio ressalta que a gastronomia é um dos grandes pontos fortes do destino. Os pratos são servidos majoritariamente em sistema a là carte, com destaque para os restaurantes Wilhelmina e Carte Blanche: “Ambos apresentam uma experiência gastronômica completa, que une degustação de pratos e harmonização com vinhos”. Com ambientes diferenciados e temáticos, a média de custo para uma refeição é de U$ 60.

PONTOS TURÍSTICOS

A atração principal que leva, todos os anos, milhares de turistas à ilha são suas praias limpas e mornas. Elas, porém, não são o único encanto que os viajantes poderão encontrar.  Entre os locais que você não deve deixar de conhecer, o Farol California se destaca pela localização, que permite assistir a um belo pôr do sol. Faça um safari pelo Parque Arikok, uma reserva ambiental com muitos cactos, observe o visual árido da região e mergulhe em meio a muitos peixes na piscina natural.

PASSEIOS

São diversos os passeios oferecidos em Aruba, quase todos ligados ao mar. A grande atração da Ilha Feliz neste quesito é o passeio de submarino, uma atividade um tanto exclusiva, encontrada em poucos destinos turísticos. O submarino chega a mais de 40 metros de profundidade e passa devagar por diversos cardumes para que os viajantes aproveitem a bela visão dos peixes. Outro passeio tradicional é o Jeep Safari, em que as pessoas, além de conhecer diversos pontos da ilha, podem dirigir um 4×4. Já na Renaissance Island, onde fica a Flamingo Beach, além das areias brancas e mar em diversas tonalidades de azul e verde, quem surpreende são os flamingos, que circulam livremente por entre turistas e suas espreguiçadeiras.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo