RS

Ospa se apresenta em Igrejinha neste domingo

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) coloca a cidade de Igrejinha na rota de sua Série Interior de concertos. Neste domingo (23), às 17h, os músicos interpretam obras de compositores como Verdi, Piazzolla, Mozart e Guerra-Peixe, além de trilhas de filmes, na Paróquia Imaculada Conceição. A regência é de Evandro Matté, diretor artístico da sinfônica, e os solos são da soprano Raquel Fortes. O evento, patrocinado pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), tem entrada franca.

A noite começa com a trilha do famoso musical “West Side Story”, conhecido como “Amor, Sublime Amor”, do compositor norte-americano Leonard Bernstein (1918-1990). Depois, a Ospa presta homenagem à música de ópera. São interpretados dois trechos de óperas de Giuseppe Verdi (1813-1901): a abertura da ópera “Nabucco”, e “Caro Nome” de “Rigoletto”, com os solos da soprano Raquel Fortes. Na sequência, a sinfônica apresenta “Vozes da Primavera”, valsa de Strauss II (1825-1899) e “Intermezzo Sinfônico”, de Pietro Mascagni (1863-1945).

Para dar continuidade ao programa, Raquel retorna ao palco para cantar a consagrada ária “A Rainha da Noite” de “A Flauta Mágica”, ópera de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791). Passando da tradição europeia para a música latino-americana, a orquestra dá continuidade ao concerto com “Mourão” de César Guerra-Peixe (1914-1993). A expressividade portenha ganha vida com “Libertango”, de Astor Piazzolla (1921-1992). Por fim, contemplando os fãs da sétima arte, o repertório destaca populares trilhas de cinema: “O Poderoso Chefão”, de Nino Rota (1911-1979), e “Piratas do Caribe”, de Klaws Badelt (1967-).

PAUTA

O quê: Concerto da Ospa em Igrejinha | Série Interior
Quando: Domingo (23), às 17h
Local: Paróquia Imaculada Conceição (Rua General Ernesto Dorneles, nº 280 – Centro, Igrejinha – RS).

PROGRAMA

Leonard Bernstein: West Side Story
Giuseppe Verdi: Abertura da ópera “Nabucco”
Giuseppe Verdi: “Caro Nome” da ópera “Rigoletto”
Johann Strauss II: Vozes da Primavera
Pietro Mascagni: Intermezzo Sinfônico
Wolfgang Amadeus Mozart: “A Rainha da Noite” da ópera “A Flauta Mágica”
César Guerra-Peixe: Mourão
Astor Piazzolla: Libertango (Arranjo: Alexandre Ostrovski)
Nino Rota: O Poderoso Chefão
Klaws Badelt: Piratas do Caribe
Regente: Evandro Matté
Solista: Raquel Fortes (soprano).

Artigos relacionados