ATUALVariedades

Onde ir e o que fazer na República Dominicana

A República Dominicana é o destino que tem de tudo: paisagens variadas a curta distância, vida noturna, compras e propostas que vão desde passeios de buggy ou balão de ar quente até a maravilhosa Caverna das Maravilhas para apreciar impressionantes amostras da arte rupestre taíno pré-colombiana. “Viajar com amigos para destinos animados, longe da rotina familiar, é uma modalidade turística cada vez mais comum”, afirma Magaly Toribio, assessora de Marketing do Ministério do Turismo da República Dominicana. “A peculiaridade do destino é proporcionar férias memoráveis, assegurando ao grupo que a diversidade de gostos e estilos será servida de maneira exclusiva.”

A acomodação é um destaque na República Dominicana e a oferta é muito ampla. Os resorts e hotéis all-inclusive, presentes em todas as partes do país, são uma das opções preferidas pelos benefícios oferecidos nas instalações: piscinas cobertas e ao ar livre, bares e restaurantes de diferentes estilos, academia e o mais requisitado: área de spa, com todos os tipos de massagens e tratamentos. Há também acomodações menos tradicionais, como pequenos hotéis boutique, mais intimistas; cabanas privativas no meio da natureza exuberante; ou, para os grupos ecológico, há também os albergues que trabalham sob os princípios de preservação ambiental.

Além das belas praias e ótima vida noturna, Punta Cana tem lojas de marcas internacionais para compras e parques temáticos, onde as amigas poderão experimentar sensações únicas saltando em uma tirolesa no meio da natureza selvagem, cruzando pontes suspensas e outros esportes radicais.

Colonial City 006 2 427x468 - Onde ir e o que fazer na República Dominicana

Em Puerto Plata, na costa norte, a cidade de Cabarete é conhecida pelas excelentes condições do mar para o surf, windsurf e kitesurf. Quando o sol se põe, os bares e clubes ao longo da costa convidam os turistas a saírem e curtirem até o amanhecer, para dançar e conhecer novas pessoas. Em Puerto Plata, há também o Rincón del Merengue para aproveitar esse ritmo caribenho.

Fazer uma parada na Península de Samaná é outro excelente plano. Numerosos barcos afundados e recifes de coral são um paraíso para os entusiastas do mergulho. Perto dali, no município de Miches, visite a famosa Montanha Redonda, de cujo topo é possível ter uma vista espetacular de 360 graus de praias, lagoas e montanhas, é uma experiência inesquecível.

A apenas 3 horas desses locais, a capital de Santo Domingo satisfaz o desejo dos interessados na cultura do destino que é visitado. A cidade colonial é uma área única, onde o passado é respirado em ruas de paralelepípedos e edifícios majestosos da época colonial. Existem vários museus, galerias de arte e restaurantes onde é possível saborear os melhores pratos dominicanos e cozinha internacional. Um passeio divertido é conhecer, provar e fazer barras de chocolate com o cacau dominicano, mundialmente reconhecido.

Cabarete Nightlife 004 - Onde ir e o que fazer na República Dominicana

Quem prefere a desconexão total e relaxamento em contato com a natureza, a paradisíaca Ilha Saona, no sudeste do país, é o lugar certo para descansar diante de um incrível mar e palmeiras ao fundo. As dunas de Baní, também ao sul, oferecem nas areias, cactos e arbustos de diferentes tipos e praias, um cenário desértico único no Caribe.

Se o espírito for mais alternativo, o destino ideal é a província de Pedernales, no sudoeste do país. Lá, a Bahía de las Águilas oferece algumas das mais belas praias da República Dominicana, que, estando localizadas dentro do Parque Nacional Jaraguá, estão protegidas e, portanto, não possuem hotéis ou restaurantes. A tranquilidade da água é tal que permite que o turista tenha uma experiência de mergulho incomparável, enquanto a areia branca contrasta com o verde da vegetação exuberante da Sierra de Bahoruco, apresentando uma paisagem imponente.

A aventura e a adrenalina para rir sem parar não podem faltar. Com serras, montanhas, costas e rios, as opções são infinitas em Jarabacoa, uma das regiões da Cordilheira Central. Lá, o viajante pode fazer um voo de parapente, subir ao topo do Pico Duarte, com 3.087 metros de altura, ou praticar rafting no rio Yaque del Norte, outra divertida excursão que também termina com uma deliciosa refeição típica.