Geral

Marcas brasileiras geram US$ 520 mil durante a Who’s Next e Premiere Classe em Paris

De 07 a 10 de setembro, a ABEST e a Abit levaram 16 marcas de moda para as feiras Who’s Next e Premiere Classe, em Paris. Essa é uma ação da ABEST (Associação Brasileira de Estilistas) e da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

A participação das marcas Ana Maria Montagne, Artéria, Batiche, Blequé, Catarina Mina, Cecília Prado, Colcci, Gilda Lacerda, Lenny Niemeyer, Maria Pavan, Modem, Naisha Cardoso, Rio de Sol, Selo de Controle, Triya e 100% Brasil nas feiras francesas gerou vendas de USD 520 mil. “Nos próximos 12 meses, a expectativa de negócios gira em torno de USD 370 mil”, diz Paulo Loureço Bartholomei, presidente da ABEST.

Primeira vez na Premiere Classe, a designer paraense Naisha Cardoso, à frente de sua marca homônima, teve uma experiência próspera ao participar da feira. “Muitas lojas russas, japonesas e chinesas tiveram interesse em meu trabalho, principalmente nos acessórios feitos com vidro. A imprensa brasileira radicada na França também elogiou minhas peças nas redes sociais, o que rapidamente repercutiu em vendas no Brasil”, conta a designer.

Sobre a ABEST
Criada em 2003, a Associação Brasileira de Estilistas tem como objetivo fortalecer e promover o design e a moda brasileira. Sua principal proposta é auxiliar o desenvolvimento de marcas brasileiras de alcance internacional e garantir a autenticidade e criatividade de cada uma delas, além de divulgar o estilo de vida do Brasil, contribuindo assim para o crescimento de todos os segmentos vinculados à moda. Atualmente a ABEST, que não tem fins lucrativos, conta com 127 marcas de todo o Brasil que exportam produtos para 57 países. Além disso, executa constantemente ações estratégicas para ampliar a penetração em novos mercados do globo e estreitar relações com os já conquistados.

Sobre o Fashion Label Brasil
Fashion Label Brasil é o Programa de Internacionalização da Moda Brasileira de Valor Agregado, da Associação Brasileira de Estilistas, criado há mais de 10 anos em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Sua proposta é posicionar a moda brasileira no exterior, valorizando a imagem de um Brasil inovador e contemporâneo. O programa conta com atividades estratégicas e de promoção comercial para os diversos segmentos da moda brasileira, auxiliando-os na ampliação de sua atuação no mercado internacional.

Sobre a Abit
A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), fundada em 1957, é uma das mais importantes entidades dentre os setores econômicos do País. Ela representa a força produtiva de 33 mil empresas instaladas por todo o território nacional, empresas de todos os portes que empregam mais de 1,6 milhão de trabalhadores e geram, juntas, um faturamento anual de US$ 36,2 bilhões.

Sobre o Texbrasil
O Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira (Texbrasil) atua junto às empresas do setor têxtil e de confecção no desenvolvimento de estratégias para conquistar o mercado global. Ao longo de mais de 15 anos, já auxiliou cerca de 1500 marcas a entrar na trilha da exportação, realizando USD 3,6 bilhões em negócios. O Programa é conduzido pela Abit em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).