Geral

Apex-Brasil participa de seminário na Rússia

O trabalho da Apex-Brasil para promover a exportação e a internacionalização de empresas brasileiras em seus vários estágios de desenvolvimento será tema de apresentação em seminário internacional na Rússia. Com o tema “Supporting SMEs to Export”, o seminário é organizado conjuntamente pelo Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia e pelo Banco Mundial e será realizado em Moscou no dia 23 de outubro. Participam do encontro a Russian Export Center – agência oficial do governo russo para promoção de exportação – além de outras agências estrangeiras com função semelhante, como as da Austrália e Nova Zelândia.

A diretora de Negócios da Apex-Brasil, Márcia Nejaim, apresentará o modelo de atuação da Agência, que se diferencia por oferecer serviços e soluções para cada etapa da inserção da empresa no mercado internacional. A Apex-Brasil atende, ao todo, 14,7 mil empresas que fazem negócios em 227 mercados. De janeiro a setembro de 2018, elas exportaram US$ 38,6 bilhões, o que equivale a 21,5% do total exportado pelo Brasil.

Conforme Márcia explicará na Rússia, para as empresas que ainda não exportam, a Apex-Brasil oferece diversos serviços relacionados à capacitação, entre eles: estudos de mercado, webinars, workshops de competitividade e o programa de ensino à distância Passaporte para o Mundo, além do Programa de Qualificação Empresarial (PEIEX) e da “Primeira Ação de Exportação”.

O PEIEX está presente em 16 estados brasileiros e atendeu, em 2018, a 6,7 mil empresas. Até o final deste ano a expectativa é a abertura de 11 novos núcleos, atendendo a todos os estados brasileiros. Por meio deste programa, técnicos de universidades e centros de pesquisa parceiros da Apex-Brasil visitam as empresas, fazem um diagnóstico dos problemas que precisam ser solucionados e acompanham seu desenvolvimento. Quando a empresa já implementou as alterações necessárias, ela participa de sua primeira ação de exportação: rodadas de negócios com compradores internacionais.

Para as empresas que já exportam, a Apex-Brasil oferece serviços para aumento da competitividade, além de ações de promoção comercial. Entre os programas voltados à competitividade estão o Design Export, que, entre 2018 e 2019 auxiliará 600 empresas a desenvolver seus produtos ou suas embalagens com o apoio de escritórios de design.

Um dos programas que atende tanto às que estão iniciando suas exportações como as que já se consolidaram no comércio internacional é o E-xport, voltado a estimular o comércio eletrônico. Para os experientes, a Apex-Brasil oferece ainda ações mais sofisticadas de promoção comercial e programas que auxiliam as empresas a dar o passo seguinte: a internacionalização, quando elas abrem filiais, centros de distribuição ou escritórios nos mercados externos.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios