ATUALBrasilGeral

Sine Fácil chega a 2 milhões de downloads

Lançado pelo Ministério do Trabalho em maio de 2017, o aplicativo Sine Fácil superou a marca dos 2 milhões de downloads (2.006.181*) e chegou a mais de 840 mil trabalhadores encaminhados para seleções em todo o país. Pessoas como a recepcionista goiana Andressa Carneiro Rios, 23 anos. Apenas um mês depois da instalação do app, foi chamada para a primeira entrevista de emprego. “Eu acreditava que era possível conquistar uma oportunidade pelo Sine Fácil. Eu consegui a vaga de trabalho na primeira entrevista que marquei. Achei bem tranquilo o processo”, conta.

Ela conheceu a ferramenta depois que foi à unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) no Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão de Goiás, conhecido como Vapt-Vupt. O trabalho em que Andressa está hoje surgiu após cinco meses de desemprego. “A espera foi preocupante, principalmente porque o mercado de trabalho não está fácil. Deu certo pelo aplicativo. Acredito que ele facilita e ajuda quem está desempregado ou precisa de uma colocação profissional”, afirma a recepcionista.

Na palma da mão – A ferramenta já alcançou mais de 11 mil avaliações cinco estrelas, na loja do sistema Android. Pelo app, o usuário pode cadastrar currículo, consultar vagas, saber o resultado de processos seletivos e acompanhar o pagamento do Seguro-Desemprego – tudo na palma da mão.

Segundo a coordenadora da Rede de Atendimento, unidade vinculada à Secretaria de Políticas Públicas de Emprego (SPPE) do Ministério do Trabalho, Letícia Moreira, os 2 milhões de instalações apontam um caminho a seguir. “Esse marco demonstra muito mais que uma excelente aceitação do aplicativo e suas respectivas facilidades. Ele revela uma incessante busca por melhorias, uma vez que o usuário, ao acessar a ferramenta, anseia concretizar alguma mudança, ter uma chance. Por isso, continuamente, buscamos melhorias tanto no aplicativo, quanto nas ações de intermediação de mão de obra na Rede Sine, pois sabemos a importância que um sistema público de emprego tem para os usuários”, explica.

Como funciona – Para contar com a praticidade do app, o trabalhador deve acessar a loja de aplicativos do seu smartphone e baixar o Sine Fácil – disponibilizado para Android e iOS. No primeiro acesso será necessário efetivar o cadastro com um código QR, que é um código de barras em 2D para ser escaneado, disponível nas unidades de atendimento da rede Sine, no portal Emprega Brasil, no documento que o trabalhador recebe no ato da rescisão contratual (TRCT), no formulário de solicitação do Seguro Desemprego ou por meio do portal cidadão.br, no próprio aplicativo.

Caso já tenha utilizado os serviços do Sine, basta atualizar as informações no cadastro. É importante que os dados para contato, como e-mail e telefone, estejam válidos, pois eles aumentam as chances de ser contatado pelas empresas para participar de processos seletivos.

*Até o dia 1º de novembro de 2018.

Artigos relacionados