Crescem as exportações de arroz brasileiro

Brasil produz arros de excelente qualidade

As exportações brasileiras fecharam no mês de novembro desse ano quase com quase o dobro do volume exportado no ano todo de 2017.

De acordo com o último balanço da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) com dados do Ministério da Indústria e Comércio Exterior, de janeiro a novembro de 2018, o Brasil exportou total de 1,24 milhão de toneladas de arroz, o que gera US$ 404 milhões de dólares em negócios. No anterior, o país fechou em 624 mil toneladas exportadas.

De acordo com o gerente do Brazilian Rice, Gustavo Ludwig, do total exportado em 2018, o arroz em casca se destaca em primeiro lugar pelo registro de 628 mil toneladas, tendo como destino principal a Venezuela. Arroz quebrado e branco destacam-se também com 292 e 220 mil TON respectivamente, tendo como principais destinos Cuba, Costa Rica e Estados Unidos. Já os países africanos, os mercados-alvo são de arroz quebrado. O arroz brasileiro teve como destino em 2018 90 diferentes países.

“Este ano tivemos uma conjuntura favorável com muito arroz disponível, o real desvalorizado ofertou em um mercado que já reconhece a qualidade do arroz brasileiro”, explica.

Sobre o Brazilian Rice: O projeto tem como objetivo aumentar e consolidar as exportações brasileiras de arroz beneficiado, tornando o Brasil um player reconhecido no comércio internacional pela sua qualidade e capacidade produtiva. É realizado pela Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), contando com uma série de ações com foco comercial e de aprimoramento da imagem do produto brasileiro em mercados estratégicos. Informações: www.brazilianrice.com.br.