BrasilDestaqueRS

Feira do Peixe Vivo ocorre na próxima sexta-feira em Caxias do Sul

Comercialização ficará junto ao Ponto de Safra, na Praça Dante Alighieri, das 6h às 18h — A terceira edição da feira do Peixe Vivo ocorre na próxima sexta-feira (11/01), junto ao Ponto de Safra na Praça Dante Alighieri, das 6h às 18h. A Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa) está realizando a nova categoria de feira em caráter experimental até março. A proposta veio dos próprios piscicultores de Caxias do Sul.

O piscicultor deste mês é Telmo Rauber Capelletti, morador da linha Feijó, localidade de Forqueta. Ele produz uvas e tem criação gado, suínos, e de quatro a seis toneladas de peixes como bagre, carpa capim, húngara e prateada ao ano. No total, tem cinco açudes. Ele estima vender mais de 500 quilos de peixe e ressalta a importância desta modalidade de feira para seu negócio.

“Quando as oportunidades de vendas aumentam, nós somos incentivados a continuar o nosso empreendimento. Automaticamente, é bom para o município, que terá mais recursos para investir no agronegócio. Isso se reflete para mim, pois a minha fonte de renda cresce, e também para o consumidor, porque recebe um produto de qualidade excepcional”, pontua.

Ramon Sirtoli, diretor executivo da Smapa, salienta a aceitação do público e espera a superação dos números. “As pessoas têm tido uma boa aceitação. A cada edição, o público consome mais peixes. Isso prova que o nosso objetivo está sendo cumprido. Esperamos que essa modalidade possa ser consolidada e tenha êxito”, destaca.

Feira do Peixe Vivo de Caxias do Sul 1 - Feira do Peixe Vivo ocorre na próxima sexta-feira em Caxias do SulAs espécies oferecidas e os preços continuam os mesmos da edição de dezembro: carpa capim (R$ 11 o quilo), húngara, prateada e cabeça grande (R$ 9 o quilo) e bagre (R$ 15 o quilo). As próximas datas agendadas para a Feira do Peixe Vivo são 08 de fevereiro e 08 de março. A última feira registrou um aumento de 35% nas vendas, em comparação com a estreia do formato no mês de novembro, comercializando aproximadamente 750 quilos de peixes. A cada edição, um piscicultor diferente é responsável pela comercialização.

Artigos relacionados