DestaqueGeralRS

RS: agências FGTAS/Sine oferecem mais de 2,5 mil vagas de emprego

As Agências FGTAS/Sine oferecem 2.534 vagas, das quais 2.157 de ampla concorrência e 377 exclusivas para pessoas com deficiência e reabilitados do INSS no Rio Grande do Sul. Interessados em se candidatar às vagas de emprego devem comparecer à unidade mais próxima com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Os endereços e horários de funcionamento das unidades estão disponíveis no site da FGTAS.

Vagas de ampla concorrência abertas no RS

Do total de vagas abertas (2.157), 62,9% não exigem experiência, 95,7% são efetivas e 28,5% não exigem escolaridade. Ainda com relação à escolaridade, 24,8% exigem ensino médio completo e 22,9%, ensino fundamental completo. As ocupações com  maior números de vagas são alimentador de linha de produção (281), vendedor de comércio varejista (89), trabalhador da pecuária – bovinos corte (64), motorista de caminhão (64), trabalhador polivalente da confecção de calça (61) e operador de telemarketing ativo (60).

As Agências FGTAS/Sine com o maior números de vagas são Caxias do Sul (147), Cachoeirinha (111), Marau (82), Teutônia (82) e Ijuí (78). No setor econômico, 39% das vagas pertencem à indústria; 23%, ao setor de serviços; 21,7%, ao comércio; 4,6%, à construção civil e 3%, à agropecuária. A remuneração de 49,9% das vagas varia de 1,5 a 2 salários mínimos; de 24,8%, de 1 a 1,5 salários mínimos; e de 10,7%, de 2 a 3 salários mínimos.

Vagas exclusivas para pessoas com deficiência abertas no RS

 

Das 377 vagas exclusivas para pessoas com deficiência, 39,7% exigem ensino médio completo e 31%, ensino fundamental completo. As funções com o maior número de vagas são faxineiro (43), alimentador de linha de produção (34), preparador de calçados (30), camareiro de hotel (23) e almoxarife (11). Já as Agências FGTAS/Sine com o maior números de vagas são Porto Alegre Centro (264), Santo Antônio da Patrulha (33), Estrela (12), Lajeado (10) e Carlos Barbosa (10).

No setor econômico, 77,7% das vagas pertencem ao setor de serviços; 11,9%, ao comércio e 9,5%, à indústria. Com relação à faixa salarial, 31% das oportunidades possuem remuneração de 1 a 1,5 salários mínimos; 27%, de 1,5 a 2 salários mínimos e 26%, de 2 a 3 salários mínimos.

Vagas abertas em Porto Alegre

 

Há 250 vagas de emprego abertas em Porto Alegre, das quais 95,6% pertencem ao setor de serviços e 4%, ao comércio; 44% exigem ensino médio completo e 30,8%, ensino fundamental completo. As funções com o maior número de vagas são camareiro de hotel (23), faxineiro (12), almoxarife (10), auxiliar de escritório em geral (8) e armazenista (6). A remuneração de 39,6% varia de 2 a 3 salários mínimos; de 25,6%, de 1,5 a 2 salários mínimos; e de 11,6%, de 1 a 1,5 salários mínimos.

FGTAS

 

Vinculada à Secretaria do Trabalho e Assistência Social, a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) é a instituição executora das políticas públicas de trabalho, emprego e desenvolvimento social do RS. Desenvolve as ações do Sistema Nacional de Emprego, operacionalizado nas Agências FGTAS/Sine, que envolvem os serviços de seguro-desemprego, geração e análise de informações sobre mercado de trabalho, projetos de emprego e renda e qualificação profissional.

Artigos relacionados