Porto AlegreRS

Lilás apresenta textos de Jon Fosse no porão do Renascença

O espetáculo Lilás, composto por dois textos curtos do norueguês Jon Fosse: Lilás e Guitar Man, tem última apresentação no porão do Teatro Renascença (av. Erico Verissimo, 307). A sessão será nesta segunda-feira, 22, às 21h. Os Ingressos custam R$ 40, com meia-entrada no valor de R$ 20, disponíveis na bilheteria do teatro uma hora antes do espetáculo ou antecipadamente pelo site: https://appticket.com.br/lilas.

A produção é a primeira oportunidade para o público gaúcho conhecer a obra de um dos mais renomados dramaturgos europeus da atualidade. O norueguês Jon Fosse, um dos mais populares autores de seu país, nasceu em 1959. Publicou cerca de quinze romances, antes de chegar ao teatro, em 1994. Grandes nomes da cena internacional, como Claude Régy e Thomas Ostermeier, já dirigiram obras de sua autoria. A influência de sua escrita teatral tem em Thomas Bernhard e Samuel Beckett uma forte influência. A repetição de frases, o corte seco das cenas, o tempo como fator determinante do desenvolvimento dramático são características marcantes em sua dramaturgia.

Publicidade

Sobre Lilás – Escrita em 2003, flagra o ensaio de um grupo de jovens músicos inexperientes, tentando encontrar uma linguagem para a recém-formada banda. Os sonhos e conflitos de seus integrantes são a tônica que alimenta o desenvolvimento da peça. Inominados, os personagens são associados ao instrumento que tocam: o guitarrista, o baixista, o baterista.

Guitar Man – O monólogo, interpretado por Pingo Alabarce, complementa o primeiro texto, flagra o personagem do guitarrista alguns anos depois, transformado em um músico de rua diante das adversidades que a vida lhe impôs. Um texto comovente faz o balanço de sua trajetória de vida, suas frustrações e expectativas.

Ficha técnica – O elenco da montagem é composto por Frederico Vitolla, Leonardo Koslowski, Mira Possani, Nicolas Vargas e Pingo Alabarce. A concepção de cenários e figurinos é coletiva, assinada pelo grupo. A iluminação é de João Fraga e Maurício Moura.

Publicidade

A ideia de encenar Lilás no porão do Teatro Renascença nasce do próprio texto. O ensaio da peça acontece em um porão de um prédio abandonado. Por isso, grupo optou por não apresentar o espetáculo em salas convencionais.

Projeto complementar – A montagem de Lilás será complementada, ainda em 2019, com um outro texto de Jon Fosse, “Melancolia”, adaptado para o teatro do romance homônimo, baseado no pintor norueguês Lars Hertervig, pobre e esquizofrênico. Apesar do mesmo título, a peça não tem relação com o filme de Lars von Trier.

Serviço

Onde: porão do Teatro Renascença
Quando: segunda-feira, 22
Horário: 21h
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), na bilheteria do teatro 1h antes do espetáculo ou antecipadamente pelo site: https://appticket.com.br/lilas

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar