PolíciaRS

Quarteto é preso por extorsão mediante sequestro em Guaporé

Na madrugada deste sábado (8), a Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ª DR), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), com apoio da Delegacia de Polícia de Guaporé e da Brigada Militar, prendeu quatro homens pelo crime de extorsão mediante sequestro e libertou um empresário no município de Guaporé. A vítima, de 43 anos, estava sendo mantida em cárcere, após ter sido sequestrada na noite da última sexta-feira (7), na saída do estacionamento de um shopping localizado na Avenida Assis Brasil em porto Alegre.

Segundo o delegado João Paulo de Abreu, de imediato, mediante análise de sinais, os policiais civis conseguiram reunir dados que apontavam para um possível deslocamento da vítima para a sua própria cidade, levando a crer que os criminosos poderiam estar se dirigindo para a residência dela, a fim de buscar o preço de resgate. “Por volta de 01h35min de sábado, descobriu-se que os sequestradores já tinham acessado o imóvel da vítima, o que deu início à ação operacional. Um criminoso que estava guarnecendo o perímetro do imóvel da vítima, provendo auxílio aos demais membros da associação criminosa, foi preso tripulando um veículo em via pública. Os outros três homens tentaram fugir do local mas também foram presos.

A vítima foi encontrada trancada em um dos cômodos de sua residência. Nenhum valor de resgate foi pago e o valores que estavam na posse da vítima, em Porto Alegre, foram recuperados. Foram apreendidos os dois veículos utilizados no crime, um revólver e uma pistola.

Um dos automóveis utilizados no crime foi encontrado no bairro Rubem Berta em Porto Alegre, em uma garagem comunitária, que serve a diversas casas existentes no terreno, onde, segundo as investigações, seria a moradia de um dos presos em Guaporé.

Os presos possuem diversos antecedentes, como posse ilegal de arma de fogo, roubo de veículo, roubo a estabelecimento bancário, receptação dolosa, furto qualificado e adulteração de sinal identificador de veículo.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios