DestaquePorto Alegre

Porto Alegre bateu recorde de doação do imposto de renda

O ano de 2018 entrou para a história do município de Porto Alegre como a maior arrecadação da campanha de doação do Imposto de Renda para os Fundos da Criança e do Adolescente (Funcriança) e do Idoso. A capital gaúcha bateu seu recorde ao atingir R$ 35 milhões. É o município que mais arrecadou com o IR no país, ultrapassando São Paulo. A bem sucedida campanha chamou a atenção de outras cidades cujos representantes procuraram a prefeitura para saber como o processo é realizado. O modelo de Porto Alegre serve de exemplo para sete capitais – Natal (RN), Recife (PE), Cuiabá (MT), Belém (PA), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Salvador (BA) -, além dos municípios de Caruaru (PE), Sorocaba (SP), Joinville (SC), Morro Reuter (RS), Dois Irmãos (RS) e Canoas (RS).

Nesta terça-feira, 25, o vice-prefeito e secretário de Relações Institucionais Gustavo Paim e o adjunto da pasta Carlos Siegle receberam a visita do secretário municipal de Projetos, Captação e Monitoramento de Canoas, Darci Levis, e do diretor-presidente da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação (Canoastec) Marco Antônio Seadi. “Viemos conhecer como Porto Alegre trabalha, como funciona essa relação com as empresas e o que as motiva a destinar recursos a esses fundos”, destaca Levis.

Publicidade

“O nosso grande marco foi desvincular as contas do Caixa Único, criando contas específicas. Isso deu uma credibilidade fundamental ao projeto”, explica Paim. Já Siegle ressaltou que o primeiro passo é mapear as principais entidades que prestam assistência. “O cidadão tende a querer doar para alguma entidade do seu bairro, que ele já conheça e até mesmo possa ir até lá conferir se está realmente usufruindo do valor arrecadado”.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar