DestaqueSerra GaúchaVariedades

Abertura da exposição reúne cerca de 200 pessoas na Casa da Cultura de Caxias

Mostra Manipuladas, de Aline Chaves, segue aberta para visitação até 25 de setembro

Cerca de 200 pessoas participaram da abertura da exposição “Manipuladas”, na última quarta-feira (04/09), na Galeria de Arte Gerd Bornheim, na Casa da Cultura. A mostra segue aberta para visitação até 25 de setembro, com entrada gratuita. A exposição Manipuladas apresenta a primeira mostra individual da artista Aline Chaves e tem curadoria de Silvana Boone, professora e coordenadora dos cursos de Artes Visuais da Área de Artes e Arquitetura da Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Manipuladas na Casa da Cultura Caxias do Sul 1 - Abertura da exposição reúne cerca de 200 pessoas na Casa da Cultura de Caxias
Fotos: Noriana Behrend

O processo de criação da artista, que é acadêmica do curso de Artes Visuais da UCS inicia com a apropriação de pinturas de mulheres na História da Arte, entre os séculos XVI e XIX, feitas por artistas, na sua maioria, desconhecidos do grande público.

Publicidade

A artista conta que a ideia de montar a exposição surgiu a partir de um convite, feito pelo diretor da galeria, Gilmar Marcílio.

“Eu sempre fazia pequenas séries, porém, a partir deste convite do Gil, decidi aprofundar minha pesquisa para produzir as 22 telas expostas. O recorte escolhido foi a união da Arte Clássica com a Contemporânea, explorando o universo feminino, pois eu percebia que muitas destas obras eram carregadas de clichês e estereótipos em torno da mulher”, explicou Aline Chaves.
A temática escolhida pela artista chamou a atenção do público, inclusive, da professora de literatura da UCS, Suzana Pagot, que foi conferir de perto a exposição.

“O trabalho de pesquisa da Aline foi excelente e retrata muito bem a figura da mulher ao longo da história da arte, discutindo a questão de gênero. O diálogo é poético, pois as obras trazem toda essa ambiguidade, ou seja, o que seria esse ‘Manipuladas’? Trataria da figura feminina que, muitas vezes é subjugada, ou isso tem a ver com a própria manipulação da arte?! É uma mostra que chama à reflexão”, assinalou.
A exposição também surpreendeu a universitária Jéssica Braga, 23 anos, ao colocar o feminino em foco.

Publicidade

 

“Eu conheço o trabalho da artista há anos e sempre admirei o trabalho dela. Acaba sendo uma inspiração para nós, jovens, pelo fato da artista ser tão nova quanto a gente e já conquistar o cenário artístico caxiense”, comentou.
O período de visitação ocorre entre os dias 05 e 25 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h; e nos sábados, das 10h às 16h. A entrada é gratuita.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios