Serra GaúchaVariedades

Oficina de origami durante 35ª edição da Feira do Livro de Caxias

Escritora Bernardethe Zardo e poetisa Zélia Maria de Nardi realizaram a atividade nesta quarta-feira

Caxias do Sul/RS – Uma das tradições do maior evento literário da serra gaúcha é a escolha da ‘Amiga do livro’, além do patrono da feira. Nesta 35ª edição do evento, a poetisa e professora Bernardethe Zardo foi escolhida para ocupar esse cargo. E, nesta quarta-feira (09/10), ao lado a poetisa Zélia Maria de Nardi, ela ministrou uma oficina de minilivros em origami. Cerca de 25 pessoas participaram da ação no auditório do segundo andar da Biblioteca Pública Municipal Dr. Demetrio Niederauer, criando seus próprios livros em papel colorido.

Escritora Bernardethe Zardo e poetisa Zélia Maria de Nardi – Fotos: Noriana Seefeld Behrend

Assim como Bernardethe, Zélia Maria também é integrante da Academia Caxiense de Letras, desde 2001. Além disso, é autora de poemas e trovas literárias premiados.

Publicidade

Para Bernardethe, o principal diferencial da Feira do Livro, agora como ‘amiga’, é o contato direto do leitor com a cultura. “É uma experiência maravilhosa vivenciar a Feira como ‘amiga do livro’. Gosto especialmente de observar o público que usufrui de cultura, estando tão próximo de livros e autores, especialmente quando se trata de crianças. O que mais me emociona são eventos, como o Passaporte da Leitura e as contações de histórias. É fascinante ver o auditório da Casa da Cultura lotado de estudantes interagindo com os escritores”, explicou.

A Feira do Livro vai até esse domingo (13/10), com programação artística e cultural gratuita, além das bancas de livros. Confira todas as atividades em https://www.feiradolivrocaxias.com/.

Amiga do Livro

Antes da escrita, sua profissão é a educação. Autora de obras como “A Menina do Arco”, de 2012, e “Poema – Casa”, lançado em 2016, ambos de poesias, a escritora também já participou de Concursos Anuais Literários de Caxias do Sul e, em 2017, ganhou o Prêmio Vivita Cartier, com o “Poema – Casa”.

Publicidade

Nascida em Nova Prata, em 1945, a escritora é graduada e pós-graduada em Artes, Desenho e Filosofia e foi professora de educação artística por três décadas. Também é artista plástica tendo participado de diversas exposições com suas pinturas.

Começou a dedicar-se mais a poesia, após a publicação de seus livros e a pintura se tornou mais um passatempo. Bernardethe também é integrante da Academia Caxiense de Letras desde 2004, ocupando a cadeira de número 31.

Etiquetas
Publicidade
Botão Voltar ao topo
Fechar