DestaqueSão Leopoldo

São Leopoldo terá Brique na Praça do Imigrante

O Brique é uma iniciativa da Associação de Economia Solidária (AESOL) e Grito dos Músicos

A partir do dia 24 de novembro, a Praça do Imigrante em São Leopoldo receberá o Brique do Imigrante, uma feira com diversos artigos como artesanato, antiquários, discos de vinil, gibis, gastronomia, mercado de pulgas, além de apresentações culturais. As atividades e a feira fazem parte do Brique do Imigrante, um projeto que será lançado na quarta-feira, 20 de novembro. Na primeira edição do Brique será realizado o 3º Grito dos Músicos.

O Brique do Imigrante terá cinco edições em 2019, aos domingos, de 24 de novembro a 22 de dezembro, das 10h às 18h e apresentações artísticas até às 20h. A iniciativa é da Associação de Economia Solidária (AESOL) e Grito dos Músicos com apoio das secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico (Sedettec), da Cultura e Relações Internacionais (Secult) e do Conselho Municipal de Cultura. “O Brique vai gerar trabalho e renda, vai dar aos leopoldenses uma feira permanente com vários tipos de exposições e além de contribuir com a ocupação do espaço por parte da comunidade após a revitalização da Praça do Imigrante”, destacou o presidente do conselho, Otávio Freddo Saldanha.

De acordo com Saldanha, o evento foi inspirado no Brique da Redenção, que é realizado há 40 anos na capital gaúcha. “O Grupo de Trabalho do Grito dos Músicos está trabalhando na elaboração de um projeto de lei para que o Brique se transforme em um evento fixo da cidade”, afirmou.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo