DestaqueNegócios

Incubadora do Tecpar tem gestão voltada a resultados

Certificado do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne) atesta que a Intec tem uma gestão efetiva, com utilização de todos os sistemas para uma administração focada em resultados. A certificação é no nível Cerne 2.

A incubadora do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) recebeu o certificado do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne), que atesta que a Intec tem uma gestão efetiva, com utilização de todos os sistemas para uma administração focada em resultados. A certificação é no nível Cerne 2.

Publicidade

O Cerne é um modelo de atuação para incubadoras brasileiras, desenvolvido pelo Sebrae e pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), entidade que entregou o certificado ao diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, nesta semana, em Brasília.

A plataforma tem quatro níveis de maturidade, que representam um passo da incubadora em direção à melhoria contínua. Cada Cerne determina boas práticas a serem adotadas pelas incubadoras em diversos processos-chave, ampliando sua capacidade em gerar empreendimentos de sucesso.

De acordo com o diretor-presidente do instituto, a certificação no nível 2, atingida pela Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec), é um reconhecimento da gestão dos serviços que são ofertados aos empreendimentos incubados. “A certificação no nível 2 mostra que temos foco na gestão efetiva e que buscamos melhoria contínua para atender empresários e empreendedores paranaenses que precisam de apoio tecnológico para desenvolver seus negócios”.

Ao favorecer o ambiente de inovação, afirma Callado, o Tecpar está seguindo as diretrizes do Governo do Estado para promover o desenvolvimento econômico, a geração de empregos e transformar o Paraná no Estado mais inovador do País.

ETAPAS – Em julho do ano passado, a incubadora do Tecpar conquistou a certificação nível 1, comprovando sua eficiência para prospectar e selecionar boas ideias e transformá-las em negócios inovadores bem-sucedidos, sistemática e repetidamente.

De acordo com o gerente do Setor de Parques e Incubadoras Tecnológicas, Gilberto Passos Lima, o modelo de gestão do nível 2 do Cerne tem foco na organização da incubadora. “Para receber a certificação foi preciso implementar processos de avaliação da incubadora e comprovar indicadores de qualidade, impacto e operacional da Intec. A certificação comprova que o Tecpar atua integrado ao ecossistema de inovação, com diversas áreas e serviços oferecidos à sociedade empresarial”, observa Lima.

INTEC – Criada em 1989 para estimular a geração e instalação de empresas de base tecnológica no Paraná, a Intec foi a primeira incubadora do Estado com este perfil. Ao longo de sua história já deu suporte a mais de 100 negócios inovadores.

Atualmente, cinco empresas passam pelo programa da Intec, com o desenvolvimento de tecnologias em diversas áreas: Compracam, Forrest Brasil Tecnologia, Toys for Boys – Chemistry Automotive, Bley Energias e IJP.

Hoje a incubadora oferece vagas de incubação nas modalidades residente e não residente para empresas de Curitiba, Araucária, Jacarezinho e outras cidades que compõem o Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro: Santo Antônio da Platina, Bandeirantes, Andirá e Cambará.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.