Polícia

Dois presos em Canela por venda irregular de terrenos

Dois indivíduos foram presos, nesta terça-feira (17), por venda irregular de terrenos, prática de crimes ambientais e estelionato em Canela. Um deles já havia sido preso, em junho deste ano, pelos mesmos delitos. Na ocasião, a Operação ainda estava em sua segunda fase. Em liberdade, ele voltou a comer os mesmos crimes e foi flagrado, em setembro, pela PATRAM, no Bairro São Luis. As prisões fazem parte da quarta e nova fase da Operação Invasões, denominada “Parcelamento”. A operação tem como objetivo combater a venda irregular de terrenos, parcelamento irregular do solo urbano, crimes ambientais e estelionatos em Canela.

“Os compradores de terrenos, mesmo pagando valores elevados pelo imóvel, acabem sendo vítimas porque, na grande maioria das vezes, não conseguem regularizar as áreas, geralmente localizadas em terrenos públicos ou de preservação permanente, sendo proibido qualquer tipo de construção”, afirmou o delegado titular da Delegacia de Policia de Canela Vladmir Medeiros. As investigações foram realizadas com o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da PATRAM. A quinta fase da Operação Invasões será realizada nos próximos dias.

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar