NegóciosSerra Gaúcha

Autorizada construção de rede de distribuição de gás natural Gramado

Com um investimento de R$ 26,4 milhões, nos próximos quatro anos, o prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) e o diretor-presidente da Sulgás, Rafael Pezzella, assinaram nesta quinta-feira, 9, a licença para a construção da rede de distribuição de gás natural em Gramado.

Sulgás apresenta detalhes sobre o investimento e cronograma das obras – Fotos: Carlos Borges

“Está é uma alternativa útil e moderna de energia, espero que Gramado absorva bem esta modalidade e que a implantação deste investimento seja de muito sucesso por aqui”, disse o prefeito.

O projeto de ampliação da rede de gasodutos da Sulgás será feito por etapas. A primeira é a interligação da rede de Três Coroas a Gramado, perfazendo uma extensão de 30 quilômetros de rede canalizada, com implantação em 2020 e 2021.

“A Região da Serra é uma referência não só para o Brasil e o mundo. Enxergando isso, nós, da Sulgás, traremos investimentos pesados para Gramado e Canela em 2020/2021. Estivemos na Prefeitura conversando com o prefeito no primeiro dia útil de janeiro, com objetivo de conseguir o alvará para iniciar os investimentos e hoje estamos assinando”, ressaltou o diretor-presidente da Sulgás.

Ele enfatizou que o gás natural é a fonte de energia que mais cresce no mundo, e o produto atende três pilares da sustentação: competitividade, praticidade e apelo ambiental de extrema relevância.

PREVISÃO

No ano que vem, também estão previstas as construções e início de operação dos ramais urbanos nas duas cidades, sendo 10 quilômetros distribuídos em Gramado e Canela. Entre 2022 e 2024, a previsão é de que sejam lançados novos ramais de distribuição visando ampliar gradativamente o atendimento da demanda energética dos municípios com o gás natural.

A cerimônia, realizada durante um almoço no Hotel Laghetto Stilo Borges, contou com a presença de empresários do setor hoteleiro, autoridades e imprensa.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo