Publicidade
DestaqueRegião Metropolitana

Prefeitura de Canoas decreta suspensão de corte de água e luz por inadimplência

Medida vale 90 dias e tem o objetivo possibilitar a todos a adoção dos procedimentos de higiene

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, assinou, nesta terça-feira (24), um decreto que suspende o corte de água e luz para cidadãos que tenham dívidas com as concessionárias. O documento determina que durante 90 dias as empresas fornecedoras estão proibidas de cancelar o fornecimento destes serviços por conta de não pagamento e que, após passar esse período, as empresas devem parcelar os valores em atraso.

A ação tem como objetivo garantir condições básicas para que todos canoenses possam enfrentar a pandemia do coronavírus, adotando medidas de higiene determinadas pelos órgãos de saúde. A suspensão do corte no abastecimento vai durar por três meses em Canoas. “Estamos orientando toda a população que permaneçam em casa, isso, com certeza, vai gerar impactos na maneira como os cidadãos pagam as suas contas e até como recebem salários. Por isso, precisamos garantir a tranquilidade para que, neste momento, todos foquem suas atenções no cuidado com a saúde”, disse o prefeito.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar