Notícias

Bolsonaro sanciona lei que prorroga auxílio emergencial em duas parcelas de R$ 600

Desde que foi decretada a pandemia mundial, e o isolamento social foi recomendado para evitar o contágio pelo novo coronavírus, o governo brasileiro ofereceu um auxílio emergencial no valor de R$ 600, para 60 milhões de trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados. 

Publicidade

Inicialmente, o benefício foi criado para ter três parcelas, mas agora o governo decidiu prorrogar o auxílio. Em cerimônia na tarde desta terça-feira (30) o presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do benefício em duas parcelas de R$ 600.

Bolsonaro assinou decreto para postergar o auxílio criado e amenizar os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Também assinaram o documento o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia e o presidente do Senado Davi Alcolumbre.

O ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni foi o primeiro a falar enaltecendo a importância social da criação do auxílio emergencial para milhões de brasileiros nesta pandemia.

Já o ministro da Economia Paulo Guedes agradeceu o empenho especial dos líderes da Câmara dos Deputados e do Senado pela rapidez da aprovação das medidas econômicas necessárias para a criação do auxílio emergencial logo que a pandemia do Covid-19 foi anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ainda em março. Falou da importância da identificação de 38 milhões de brasileiros que estavam invisíveis aos olhos do governo, sem nenhum tipo de benefício social. Guedes demonstrou otimismo com os sinais que a economia brasileira indica para os próximos meses, assegurando que a atual crise enfrentada em todo o mundo não vai tirar o Brasil dos trilhos para a retomada do crescimento.

O presidente Jair Bolsonaro agradeceu o empenho da sua equipe e disse estar muito satisfeito com seu time de ministros. E reiterou a importância do trabalho conjunto com Maia e Alcolumbre em prol do Brasil.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.