Rio Grande do SulVale do Sinos

Projeto da Prefeitura de Canoas leva alternativas culturais em vídeo para a população

O Cultura de Ponta a Ponta oferece desde contação de histórias até visitas guiadas por museus da cidade

Devidamente caracterizada, a Fada Antônia surge em frente a uma estante cheia de livros, abre um deles e convida a todos para entrarem com ela no universo de uma nova história. No período pré-pandemia do novo coronavírus, a servidora municipal Elisete Aliatti, que dá vida à personagem, costumava estar, neste momento, sempre rodeada de crianças na sede da Biblioteca Pública João Palma da Silva, em Canoas. O impedimento de aglomerações, imposto pelas medidas de distanciamento social, no entanto, não possibilitam mais que a rotina sejam como antes.

Publicidade

Além dos momentos de contação de histórias na biblioteca, uma série de atividades culturais também foi prejudicada em nome do combate à covid-19. Passeios em museus, visitas a exposições e o simples hábito de ir ao cinema são alguns dos exemplos. E a falta de perspectiva para uma retomada destas atividades de entretenimento demandou adaptações, como a que foi feita pela Prefeitura de Canoas.

Preocupada em oferecer alternativas culturais, mesmo durante o período de distanciamento, a Secretaria Municipal da Cultura e Turismo (SMCT) adaptou um de seus mais tradicionais programas, o Cultura de Ponta a Ponta. O projeto, que antes garantia acesso a atividades nos quatro cantos da cidade presencialmente, foi levado para as redes. Com isso, periodicamente, os servidores produzem voluntariamente vídeos com programas culturais para que a comunidade acompanhe.

MAIS: Assista a todos os vídeos

E foi assim que a contação de histórias ganhou uma nova cara. Os pequenos, agora, estão do outro lado da telinha, devidamente protegidos em suas casas. E a Fada Antônia não está menos empolgada. “Muitas crianças não têm o hábito ou até mesmo acesso aos livros, então, estamos trazendo essa oportunidade, através do virtual, de estarem em casa ouvindo histórias. E até compartilhando também, porque muitas famílias estão compartilhando, repassando, e isso vai estimulando esse gosto pelos livros” conta.

Os vídeos de contação de história já eram uma alternativa de entretenimento para Clara, de seis anos, filha da Ana Paula Silva, que é professora e estimula na filhota o gosto pela leitura. Assim, a Fada Antônia chegou até as duas por uma indicação, na tentativa de deixar o período de pandemia e tantas medidas restritivas um pouco mais leve. “Ao mesmo tempo em que a gente sai um pouco deste mundo em que vivemos, a gente também aprende sobre ele, faz reflexões. E isso é bem importante para passar por essa pandemia”, explica Ana Paula.

Ela ainda destaca a possibilidade de deixar a família mais unida e a filha mais próxima do ambiente escolar, já que as aulas presenciais estão suspensas. “Essa iniciativa, ela nos ajuda neste sentido. A Prefeitura de Canoas tem nos ajudado muito com ações como essa. A contação de histórias faz parte da família, mas também faz parte da escola”, salienta Ana Paula.

Segundo o secretário da Cultura e do Turismo, Mauri Grando, além do convite à leitura, há vídeos em que a proposta é saber mais sobre a história da cidade ou ainda fazer um tour por um dos museus canoenses. As opções são variadas para não deixar nenhuma fatia do público de fora. “O Cultura de Ponta a Ponta em vídeo, ele preenche uma lacuna que é muito importante. Nesse momento difícil para todos, incluindo obviamente a Prefeitura, nós estamos fazendo isso com voluntários que já faziam esse trabalho, para que a gente entregue cultura para a população e, o melhor, sem custos para o município”, explica.

Os vídeos produzidos são disponibilizados no canal da Prefeitura de Canoas no Youtube e também no site.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.