Publicidade
Região Metropolitana

Gravataí se destaca nacionalmente pelo estímulo ao aleitamento materno

Gravataí é o único município do Sul do país entre os cinco reconhecidos pelo Ministério da Saúde na adoção da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança.

Nesta quarta-feira (25), Gravataí irá apresentar o programa “O impacto da implementação da ‘Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil’ (EAAB) nos índices de aleitamento materno exclusivo”. A apresentação faz parte do “Encontro Nacional de Coordenadores de Saúde da Criança e Aleitamento Materno”, que será de forma virtual.

Publicidade

A ação, desenvolvida pelo Centro de Nutrição e Qualidade de Vida (Cenq), em parceria com o Bebê Saúde e a Atenção Básica, é mais um projeto que tem como objetivo melhorar o desenvolvimento infantil. Para a coordenadora do Cenq, Margarete Tavares Kayser, a escolha é a demonstração de um trabalho feito com excelência: “Com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, foram organizadas as oficinas de trabalho nas unidades, com o objetivo de capacitar os profissionais que atuam na Atenção Básica. Hoje, contamos com 12 Unidades de Saúde certificadas. Isso nos dá resultados como esse, de reconhecimento”.

Centro de Nutrição e Qualidade de Vida

O Centro de Nutrição e Qualidade de Vida é formado por uma equipe de nutricionistas, estudantes de nutrição, psicólogo e endocrinologista que atende à população encaminhada da atenção básica e centros especializados. Por meio de consultas individuais ou grupos educativos, o objetivo do Cenq é promover hábitos alimentares saudáveis, tratar doenças e prevenir seus agravos.

Com a participação na “Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB)”, as equipes do Cenq conseguiram desenvolver um serviço que foi reconhecido pelo Ministério da Saúde. O EAAB visa intensificar as ações de apoio, proteção e promoção ao aleitamento materno e à alimentação complementar saudável.

Também é incentivada a orientação alimentar para crianças menores de dois anos como atividade de rotina nos serviços de saúde, contemplando a formação de hábitos alimentares saudáveis desde a infância, com a introdução da alimentação complementar em tempo oportuno e de qualidade.

Programa Bebê Saúde

Outra iniciativa da Secretaria de Saúde com amplo reconhecimento e premiação é o Programa Bebê Saúde, que completou sete anos em 2020. Durante esse período, a importância do aleitamento materno também é reforçada pelos profissionais da saúde. Atendendo gestantes em situação de vulnerabilidade social, a ação trabalha a importância da amamentação, acompanha o pós-parto, tudo dentro de um sistema de atendimento humanizado.

De acordo com a enfermeira coordenadora do Bebê Saúde, Lenise Lourenço, a capacitação dos profissionais também é importante para o reconhecimento do programa. “Temos a manutenção do projeto, que é de grande importância para o município e as famílias. Nossos acadêmicos têm toda uma orientação técnica, com profissionais formados, ou seja, temos o amparo necessário para oferecer um serviço de qualidade. Dessa forma, somos reconhecidos e todas as premiações e títulos que já recebemos são uma vitória para a comunidade”, afirma Lenise.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo