Publicidade
São LeopoldoVale do Sinos

Professora municipal de São Leopoldo é vítima da Covid-19

A Prefeitura comunica com pesar o falecimento da professora da rede municipal Liliane Fontoura por complicações da Covid-19. Ela tinha histórico de arritmia cardíaca e estava internada desde domingo no Hospital Centenário.

“Ela é daquelas professoras que marcam a gente, sabe? (…) Primeira professora negra que reforçava minha autoestima”, relatou uma ex-aluna na página de Liliane no Facebook. O recado se somou a dezenas de outras postagens de agradecimento e saudade.

Publicidade

Natural de Porto Alegre, abraçou São Leopoldo para trabalhar e depois para viver. Liliane tinha 59 anos e lecionava desde 2010 na Escola Municipal Santa Marta. Lutadora, ligada a movimentos negros, buscava com alegria e determinação um futuro de oportunidades iguais para todos. “A Lili era uma colega amiga, querida, preocupada com todos sempre. Defensora das questões étnicas e raciais, fazia parte do Coletivo Profes Pretas. Sempre bem-humorada, ela era famosa por saudar a todos com seu hello”, recordou a diretora da Escola Santa Marta, Elaine Teresinha de Souza Vieira.
Liliane morava com sua cachorrinha de estimação Maria do Céu e deixa para a comunidade um legado de determinação e amor pela educação.

No próximo domingo, às 15h, os alunos farão uma homenagem em frente a escola, pintando o rosto da teacher em um dos muros.

Além da servidora, a Prefeitura confirma também outros dois óbitos por decorrência da covid-19: um homem de 65 anos, morador do bairro São Miguel; e outro, de 39, que residia na Fazenda São Borja, ambos com histórico de comorbidades. Prestamos solidariedade aos amigos e familiares.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo