Publicidade
CanoasVariedades

Vídeo: Escritora Luisa Geisler ajuda a inspirar a criatividade

Com o agravamento do contágio de Covid-19 e as restrições de isolamento social, o processo criativo dos artistas muitas vezes fica prejudicado. Para driblar essa dificuldade e conseguir produzir, apesar das preocupações, a escritora Luísa Geisler transmite algumas dicas para inspirar a criatividade na pandemia. A canoense é a convidada do projeto online da Biblioteca Pública Municipal João Palma da Silva. O público pode conferir o vídeo a partir das 9 horas da próxima quinta-feira (4), na página Cultura Canoas do Facebook e Instagram.

De forma caseira, Luísa vai falar um pouco da sua trajetória profissional, como escritora e tradutora, e dizer como faz para conseguir ser criativa. “Todos nós nos sentimos afetados com essa pandemia. Não ter ideias é normal e a gente escreve apesar disso”, relata. Entre as dicas, estão: buscar ideias naquilo que bloqueia (lembrar que o mundo continua acontecendo dentro deste contexto estranho), buscar referências de outros autores e aceitar o desconforto (reconhecer o que está incomodando em termos de bloqueio criativo e conseguir trabalhar a partir desse desconforto).

Publicidade

Desde fevereiro, todas as quintas-feiras, a Secretaria Municipal de Cultura divulga um vídeo ou uma live com a participação de contadores de história ou escritores. As atividades virtuais marcam a retomada do atendimento da Biblioteca Pública em tempos de pandemia. O funcionamento do espaço cultural, que voltou a atender ao público no último dia 4 de fevereiro, está com o empréstimo de livros suspenso seguindo as regras da bandeira preta em vigor no município.

Saiba mais:

  • Luisa Geisler é uma escritora canoense reconhecida internacionalmente, com textos e livros traduzidos em mais de 15 países.
  • Em 2012, foi reconhecida como um dos “melhores jovens escritores brasileiros” pela seleção feita pela Revista Granta e foi duas vezes finalista do prêmio Jabuti;
  • Vendedora do Prêmio Sesc de Literatura, em 2010 e 2011;
  • Autora dos livros Contos de Mentira (2010), Quiçá (2011), Luzes de Emergência Se Acenderão Automaticamente (2014), De Espaços Abandonados (2018), Enfim, Capivaras (2019) e Corpos Secos (coletânea – 2020).

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo