Publicidade
CASANEWSRegião Metropolitana

Prado, em Gravataí, entrega infraestrutura com investimento de R$ 64 milhões

Área residencial com acesso controlado do Prado já está pronta para construir e morar

Mesmo com os grandes desafios econômicos dos últimos anos, agravados pelo cenário de pandemia, o Prado Bairro-Cidade venceu duas importantes etapas. Seu primeiro bairro com acesso controlado, o Prado los Álamos, já está pronto para construir e morar. E no Prado Ciudadela, localizado no espaço multiuso e com perfil mais comercial, já foram iniciadas as obras para seu desenvolvimento urbano. Os investimentos na infraestrutura das duas áreas somam R$ 64 milhões.

O primeiro bairro-cidade do Rio Grande do Sul fica em Gravataí, na Freeway, junto ao trevo de acesso à GM, a apenas 15 minutos do Aeroporto Salgado Filho. Com características únicas no Estado, antecipou-se a uma tendência que ganhou força com a pandemia: a possibilidade de conciliar todas as facilidades da vida moderna com o convívio no meio da natureza — e sem a insegurança das grandes cidades.

Publicidade

A partir de 2020, cresceu exponencialmente a busca por casas amplas, com espaços ao ar livre e proximidade com o verde. As residências passaram a ter escritórios entre seus ambientes a partir da ampla adoção do trabalho remoto. Tudo isso já estava presente na conceituação do Prado Bairro-Cidade, lá atrás.

Novas experiências de vida

Somando 523 mil m², o Prado los Álamos conta com 272 lotes, que partem de 600 m². Desse total, restam menos de 50 lotes a serem vendidos. O bairro residencial já recebeu seus primeiros moradores, que agora experimentam na prática o conceito do Novo Urbanismo — segundo o qual as pessoas moram, trabalham e divertem-se em um único local, sempre prezando a qualidade de vida.

Fotos: Smart Imagens

É o caso da Graziela Stein de Vargas, de 42 anos, que vive com sua família no Prado há cerca de um mês. “A sensação de morar aqui é maravilhosa, estou em constante contato com a natureza, podendo viver com segurança em uma casa sem muros. É um lugar de paz e estilo, com acesso rápido aos meus principais interesses”, revela Graziela. E complementa: “Além disso, o Colégio Sinodal irá gerar mais tranquilidade para a vida dos moradores, que poderão trabalhar e ter a segurança dos filhos perto de casa estudando. É, sem dúvidas, um lugar muito especial”.

O Prado los Álamos está pronto para que os proprietários comecem suas obras. A perspectiva é de que outras 12 residências, que já estão sendo construídas — entre elas, as casas-conceito da Domus Urbanismo — sejam finalizadas ainda este ano. Além disso, já foi aprovado o início de outras 30. E, segundo previsões dos executivos que lideram o empreendimento, mais 40 devem ficar prontas até 2022.

Avanço no desenvolvimento urbano

Do montante investido, o Prado Ciudadela está recebendo R$ 12 milhões em obras de infraestrutura. O valor aportado na área multiuso contempla a pavimentação das ruas com pedras de basalto, saneamento, praças de lazer e contemplação, paisagismo e jardinagem — atendendo todas as normas e primando pela qualidade.

Tudo isso permitirá o desenvolvimento urbano, abrindo caminho para edificações verticais, como apartamentos residenciais, restaurantes, supermercado, hotel, banco e shopping center, além de prédios para consultórios e escritórios. Para os próximos meses, estão previstos lançamentos de unidades comerciais e residenciais.

Um dos destaques é o Colégio Sinodal, que já está com 70% das obras finalizadas e prevê mais de 300 alunos matriculados no ano letivo que inicia em fevereiro de 2022. Líder em qualidade de ensino privado na Região Sul, será voltado a estudantes com idades a partir dos quatro meses até o final do Ensino Médio. Localizado dentro do empreendimento, terá capacidade inicial para 800 alunos em uma primeira fase e, depois, irá ampliar para 1.500, sendo dedicado tanto para moradores como para o público em geral.

Inspiração no Novo Urbanismo

O primeiro bairro-cidade do RS foi projetado para proporcionar convívio social, atividades esportivas e momentos de contemplação em meio a áreas preservadas de mata nativa. “A entrega da infraestrutura e do paisagismo do Prado los Alamos é a concretização de um plano bem estruturado. Nossos atuais moradores e as várias casas em construção são a materialização do conceito de viver que o Prado traz”, avalia o CEO Cláudio Luiz Brueckheimer.

Segundo Carlos Gerdau Johannpeter, um dos sócios do empreendimento, o conceito de Novo Urbanismo faz do Prado um lugar único. “A qualidade de vida que os primeiros moradores encontram junto a essa infraestrutura representa o estilo de vida desejado pelas famílias modernas. Significa a vida começando a tomar forma no Prado, após um período de muita preparação e cuidado com os detalhes”, afirma. “Enquanto muitas empresas seguraram os investimentos, nós decidimos seguir em frente”, complementa.

Quando todas as fases do Prado Bairro-Cidade estiverem concluídas, serão 25 mil pessoas em seis mil unidades habitacionais convivendo numa área de 350 hectares com bairros multiuso e privados.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo